Ibovespa sobe com inflação amena e recuperação de varejistas

Em Wall Street, os índices também operam em alta após dados mostrarem que a inflação subiu em linha com as expectativas do mercado.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

An electronic board shows the index chart at the Sao Paulo Stock Exchange (B3) in Sao Paulo, Brazil, on February 22, 2021. (Photo by Cris Faga/NurPhoto via Getty Images)

Acessibilidade


O Ibovespa opera em alta de 1,17%, a 107.544 pontos, às 14h25 de hoje (10), após o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) avançar 0,95% em novembro, ante expectativa de economistas de alta de 1,08%.

“O resultado veio menor do que o esperado pelos analistas de mercado, devido especialmente à alta mais baixa do que o projetado de preços mais voláteis, como alimentos e itens de higiene pessoal – o último bastante impactado por ofertas relacionadas à Black Friday”, comenta Rachel de Sá, chefe de economia da Rico Investimentos.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O dado foi divulgado dois dias após o Banco Central aumentar a taxa básica de juros do país em 1,5 ponto-percentual. Com isso, ações de varejistas, que desabaram ontem com a leitura de juros mais altos por mais tempo, ensaiam recuperação nesta sexta-feira. Praticamente todas as ações do Ibovespa operam no azul.

Em Wall Street, os índices também operam em alta após dados mostrarem que os preços ao consumidor norte-americano subiram no mês passado em linha com as expectativas do mercado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Divulgado hoje, o relatório do Departamento do Trabalho mostrou que os preços aceleraram 6,8% nos 12 meses até novembro, maior alta desde 1982, impulsionado pelo custo de bens e serviços, que teve forte alta em meio a restrições de oferta. O dado sugere que o Federal Reserve, banco central dos EUA, deverá acelerar o ritmo de retirada de estímulos da economia norte-americana.

Às 14h25, o Dow Jones subia 0,19% a 35.822 pontos; o S&P 500 avançava 0,52% a 4.691 pontos; e o Nasdaq ganhava 0,29% a 15.562 pontos.

Um dos destaques da sessão é a Oracle, cujas ações sobem 16,02% depois que a fabricante de software empresarial divulgou resultados financeiros melhores do que o esperado e demonstrou otimismo para 2022.

Às 14h25 de Brasília, o dólar era negociado em alta de 0,45%, a R$ 5,5978 na venda, com a possibilidade de aumento antecipado dos juros nos Estados Unidos impulsionando uma valorização da moeda norte-americana. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: