Suzano, maior empresa de celulose do país, conclui alongamento de dívida de US$ 750 milhões

Maior produtora global de celulose de eucalipto, além de estar entre as maiores na produção de papel, alonga dívida para 2025.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Reuters
Reuters

Suzano se tornou nos últimos anos a maior produtora de celulose do país

Acessibilidade


A Suzano concluiu alongamento de dívida de contrato de pré-pagamento de exportação no valor de 750 milhões de dólares, segundo comunicado ao mercado divulgado hoje (29).

A data de vencimento do contrato, assinado pela empresa e duas subsidiárias em junho de 2019, passa de junho de 2025 para dezembro de 2027, com as condições acordadas anteriormente sendo mantidas, de acordo com o documento.

LEIA TAMBÉM: Petrobras conclui venda de 27 campos terrestres no Espírito Santo para a Karavan Seacrest

A empresa, que em 2019 concluiu a compra de sua concorrente, a Fibria, se tornou-se a maior produtora global de celulose de eucalipto, além de estar entre as maiores na produção de papel. A Suzano possui 11 fábricas com capacidade de produção de 10,9 milhão de toneladas de celulose e 1,3 milhão de toneladas de papel por ano. Em 2020, o faturamento da empresa foi de R$ 30,46 bilhões, valor 17,1% acima do ano anterior. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: