Ações europeias recuam com temores sobre avanço da Covid-19 na China

Commodities lideram as perdas, com mineradoras cedendo 2,1% e as ações de petróleo e gás recuando 0,1%.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Berkah/GettyImages
Berkah/GettyImages

Enquanto isso, ações da Europa são pressionadas pela expectativa de que o Federal Reserve inicie um ciclo de alta de juros nos EUA

Acessibilidade


As ações europeias caíram hoje (15), com setores ligados a commodities liderando as perdas. As preocupações sobre o salto de casos de coronavírus na China juntam-se à expectativa que cerca a reunião do Federal Reserve (Fed), que deve aumentar a taxa de juros nos Estados Unidos.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,28%, a 435,12 pontos, depois de subir nas duas últimas sessões, quando esperanças de progresso nas negociações de paz Rússia-Ucrânia ajudaram o sentimento.

As mineradoras cederam 2,1% e as ações de petróleo e gás perderam 0,1%, já que os preços do petróleo recuavam mais de 7% e os metais industriais se desvalorizavam devido às preocupações com a demanda da China, importante consumidora, após um aumento nos casos de Covid-19.

Leia mais: Como investir na Europa a partir do Brasil?

“Os setores expostos à China, como matérias-primas, mineração e metais, construção residencial e ações de luxo estão se movendo em parte devido às restrições impostas em algumas partes da China“, disse Nick Nelson, estrategista de ações para Europa do UBS.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Enquanto isso, há ampla expectativa de que o Federal Reserve inicie um ciclo de alta de juros amanhã (16) com um aumento de 0,25%. Investidores estão aumentando as apostas sobre até que ponto os custos dos empréstimos podem subir diante da inflação crescente.

Veja o fechamento nos mercados europeus:

  1. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,25%, a 7.175,70 pontos.

  2. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,09%, a 13.917,27 pontos.

  3. Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,23%, a 6.355,00 pontos.

  4. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,31%, a 23.499,86 pontos.

  5. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,02%, a 8.236,10 pontos.

  6. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,16%, a 5.565,44 pontos.

Compartilhe esta publicação: