Pesquisa do BC russo prevê inflação de 20% e queda de 8% no PIB em 2022

A taxa básica de juros deste ano está prevista em 18,9%, informou o banco em comunicado.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images/ Alexander Shcherbak
Getty Images/ Alexander Shcherbak

“Uma revisão significativa das estimativas reflete uma mudança drástica das condições econômicas nas últimas duas semanas”, disse o vice-presidente do banco central da Rússia, Alexei Zabotkin

Acessibilidade


A inflação na Rússia deve acelerar para 20% e sua economia pode contrair até 8% este ano, mostrou uma pesquisa independente de analistas solicitada pelo Banco Central da Rússia e divulgada hoje (10).

De acordo com 18 economistas que o banco central russo consultou entre 1º e 9 de março, a taxa básica de juros deste ano está prevista em 18,9%, informou o banco em comunicado.

“Uma revisão significativa das estimativas reflete uma mudança drástica das condições econômicas nas últimas duas semanas”, disse o vice-presidente do banco central da Rússia, Alexei Zabotkin, em comunicado separado.

A inflação anual ao consumidor atingiu 10,42% em 4 de março, quando o rublo atingiu mínimas históricas após a invasão de Moscou à Ucrânia, seguida por duras sanções ocidentais que cortaram o banco central e demais bancos do sistema financeiro global.

Leia mais: Riscos geopolíticos e econômicos inibem melhora de expectativas para PIB do país em 2022

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: