Ibovespa fecha estável à espera de decisões de Copom e Fed

Dólar volta a recuar e fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,96.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (3) próximo a estabilidade, em queda de 0,10%, a 106.528 pontos, com os investidores ansiosos pelas decisões de amanhã (4) ligadas à política monetária do Brasil e dos Estados Unidos.

O Copom (Comitê de Política Monetária) e o Federal Reserve, o banco central dos EUA, anunciarão as suas novas taxas de juros.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Na visão dos economistas, uma alta de um ponto percentual por aqui e 0,5 pontos nos Estados Unidos já está precificada pelo mercado. No entanto, restam ainda expectativas em torno dos comunicados dos órgãos sobre a condução de suas agendas daqui para frente.

A inflação nos EUA está em seu nível mais alto desde o início dos anos 1980, chegando a 6,6% em 12 meses. Por aqui, em março, o IPCA atingiu 11,30% no acumulado do ano, maior nível em 28 anos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Diante de um cenário de aversão a risco, os investidores estrangeiros retiraram R$ 7,6 bilhões da Bolsa brasileira em abril, de acordo com os dados divulgados hoje. O resultado representa o primeiro saldo negativo mensal de 2022, ainda que no acumulado do ano o indicador indique entrada de R$ 60,6 bilhões.

A perspectiva de saída dos investidores não conseguiu manter a alta do dólar, que voltou a recuar 2,14% hoje. A moeda fechou as negociações do dia a R$ 4,96, após ultrapassar a marca de R$ 5,07 no pregão anterior (2).

No cenário corporativo, as ações das companhias aéreas Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) e da fabricante de aviões Embraer (EMBR3) subiram 4,36%, 1,82% e 2,53%, se beneficiando com a queda do petróleo e do dólar.

Os papéis da SLC Agrícola (SLCE3), empresa novata na carteira do Ibovespa, subiram 6,69%, ganhando a posição de maior alta do índice.

A ação da Localiza (RENT3) também subiu 1,90% no dia, após a companhia reportar lucro de R$ 517,4 milhões no 1º trimestre de 2022.

Do lado oposto, a JHSF (JHSF3) teve a maior queda do pregão, recuando 5,81%. Varejistas como Magazine Luiza (MGLU3) e Americanas (AMER3) também encerraram as negociações com perdas de 4,17% e 2,83%.

Nos Estados Unidos, o mercado de ações fechou em alta apesar do clima de tensão em torno da reunião do Fed de amanhã. O Dow Jones ganhou 0,20% a 33,128 pontos; o S&P 500 avançou 0,48%, a 4.175 pontos; e o Nasdaq subiu 0,22% a 12.563 pontos. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: