Setor manufatureiro dos EUA tem leve desaceleração em julho

Essa é a leitura mais baixa desde junho de 2020, quando o setor estava saindo de um tombo induzido pela Covid-19

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Rebecca Cook
REUTERS/Rebecca Cook

Números acima de 50 indicam expansão na manufatura.

Acessibilidade


A atividade manufatureira dos Estados Unidos desacelerou menos do que o esperado em julho e houve sinais de que as restrições de oferta estão diminuindo.

Com um indicador de preços pagos por insumos pelas fábricas caindo para o menor nível em dois anos, há uma sugestão de que a inflação provavelmente atingiu seu pico.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O Instituto de Gestão do Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse hoje (1º) que seu índice de atividade fabril nacional caiu para 52,8 no mês passado.

Essa é a leitura mais baixa desde junho de 2020, quando o setor estava saindo de um tombo induzido pela Covid-19.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O índice do ISM estava em 53,0 em junho. Números acima de 50 indicam expansão na manufatura, que responde por 11,9% da economia dos EUA. Economistas consultados pela Reuters previam que o índice cairia para 52,0.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: