Plataforma de saúde emocional Zenklub recebe aporte de R$ 45 milhões

Divulgação
Divulgação

Rui Brandão e José Simões, fundadores do Zenklub: 200 clientes corporativos e 1,5 milhão de pessoas atendidas por mês

O Zenklub, plataforma brasileira de saúde emocional e desenvolvimento pessoal, anunciou a conclusão de uma rodada de investimento de R$ 45 milhões liderada pela SK Tarpon e GK Ventures, e participação da atual investidora portuguesa Indico e da gestora Kamaroopin. Esta é a terceira rodada de captação da plataforma, que já havia levantado outros R$ 18 milhões em duas operações anteriores – em maio de 2019 e maio de 2020 – da própria Indica.

Em 2020, com a pandemia de Covid-19, o Zenklub, fundado em 2016 pelo médico Rui Brandão e pelo doutor em computação e telecomunicações José Simões, viu a quantidade de clientes aumentar 515% e o número de consultas online saltar para 50 mil por mês. Já no início deste ano, a quantidade de clientes corporativos passava de duas centenas em mais de 980 cidades em 124 países, como Votorantim Energia, Natura, Qualicorp, Tecnisa e Loggi.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Atualmente, a plataforma oferece sessões online com mais de 800 psicólogos, psicanalistas, coaches e terapeutas, além de conteúdos em texto, áudio e vídeo, treinamentos de educação socioemocional e uma solução com dados estratégicos para a área de recursos humanos e lideranças que impactam 1,5 milhão de pessoas por mês. Brandão, que ocupa a posição de CEO, explica que o novo aporte vai reforçar o caixa para potencializar o crescimento ao longo do ano.

“Queremos levar o projeto de saúde emocional corporativa a outro nível, contribuindo como consultoria e oferecendo dados para o mercado. O investimento ainda vai dar tração às nossas iniciativas de capacitação e formação de profissionais ao permitir a adoção de tecnologias e o uso do nosso expertise em telepsicologia para desenvolver o setor. Também vamos trabalhar a personalização da plataforma de acordo com as necessidades de cada indivíduo, criando planos específicos de desenvolvimento emocional”, diz.

LEIA TAMBÉM: André Florence, da Alice, sobre nova rodada e tendências: “tecnologia vai reduzir custos de saúde e beneficiar a sociedade”

Para Pedro Faria, cofundador da SK Tarpon e da Kamaroopin, a pandemia do coronavírus apenas evidenciou um problema antigo. “O Zenklub é uma ótima oportunidade de atuarmos em um problema de dimensões globais que, por causa da falta de tratamento, custa mais de US$ 1 trilhão à economia mundial. E o Brasil é um dos líderes no quesito de ansiedade e depressão.”

O executivo tem razão. Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), vivemos no país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo e quinto em casos de depressão. Em todo o mundo, são mais de 320 milhões de pessoas com depressão e 260 milhões com ansiedade – grande parte sem acesso a nenhum tipo de tratamento.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).