Lances para vaga em nave espacial de Jeff Bezos já ultrapassam US$ 2 milhões

O leilão acontece em meio ao ressurgimento do interesse pelo turismo espacial, após lacuna de uma década no setor .

Alex Knapp
Compartilhe esta publicação:
picture alliance/GettyImages
picture alliance/GettyImages

Os voos a bordo do New Shepard são suborbitais e levam astronautas até a Linha Kármán, cerca de 99 km acima da superfície da Terra

Acessibilidade


Após 14 dias, as ofertas para um assento no primeiro voo com tripulação da empresa espacial de Jeff Bezos, Blue Origin, foram abertas e já ultrapassam US$ 2 milhões. O voo espacial está programado para 20 de julho, data de aniversário do pouso de Neil Armstrong na Lua.

Os voos turísticos planejados pela empresa a bordo do New Shepard são suborbitais, e levam astronautas até a Linha Kármán, que é geralmente aceita como a fronteira do espaço, cerca de 99 km acima da superfície da Terra. A espaçonave pode transportar seis pessoas ao mesmo tempo e os assentos permitem que todos tenham uma janela disponível. Os passageiros passam cerca de 10 minutos sem efeito da gravidade, acima da Terra, antes de retornar ao solo.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Os outros passageiros do voo inaugural ainda não foram anunciados. A empresa também não divulgou informações sobre a compra de passagens ou preços para voos futuros, embora o valor seja estimado em cerca de US$ 500 mil.

As ofertas estão acontecendo em meio a um ressurgimento do interesse pelo turismo espacial. Depois de mais de uma década, os turistas estão se inscrevendo para viagens em cápsulas russas Soyuz com destino à Estação Espacial Internacional por meio da empresa Space Adventures, via base espacial na Virgínia. Dentre os interessados está o bilionário Yusaku Maezawa. A SpaceX planeja para setembro o lançamento da missão “Inspiration 4”, do bilionário Jared Isaacman, que enviará quatro cidadãos, incluindo Isaacman, em um voo orbital em uma cápsula Dragon.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Virgin Galactic, empresa espacial fundada por Richard Branson, também se prepara para iniciar operações comerciais. Recentemente, ela revelou o mais novo design de sua nave espacial, e espera-se que a companhia inicie uma série de voos teste cruciais nos próximos meses, os quais permitirão que seus clientes (alguns dos quais compraram suas passagens há mais de uma década), finalmente, façam voos suborbitais.

Os lances online para o primeiro voo da New Shepard continuarão abertos até 10 de junho, sendo atualizados no site da empresa. Em 12 de junho, todos os lances verificados participarão de um leilão online ao vivo para o preço final e venda do assento. A empresa afirma que a receita do leilão será revertida para a fundação Club of the Future (Clube do Futuro, em tradução livre), que promove a educação STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, na sigla em inglês) para crianças.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: