Buser capta R$ 700 milhões de olho no reaquecimento do turismo

Divulgação
Divulgação

Os fundadores da Buser: Marcelo Vasconcellos (à esq.) e Marcelo Abritta (à dir.)

Em meio ao cenário de incertezas no setor de turismo e viagens, por conta da pandemia de Covid-19, a plataforma de intermediação de viagens de ônibus Buser já esboça um plano de reação para crescer neste segmento. A startup concluiu hoje (10) a captação de R$ 700 milhões em sua rodada série C, que foi liderada pelo fundo de growth equity – também conhecido como “capital de crescimento” – LGT Lightrock. Integrantes atuais do quadro de investidores, como Softbank, Monashees, Valor Capital, Globo Ventures e Canary, também participaram do aporte.

Os recursos fazem parte de um plano de curto prazo da Buser, que pretende investir R$ 1 bilhão no Brasil até o final de 2023. O foco será na diversificação dos serviços prestados, apostando em um reaquecimento do mercado de turismo e viagens no país com uma possível vacinação em massa até o final deste ano. Até o momento, apenas 11% da população brasileira foi totalmente vacinada com duas doses contra a Covid-19. Se a perspectiva da startup se confirmar, o crescimento deve ser de 10 vezes até o final de 2022.

VEJA TAMBÉM: Marcelo Abritta, da Buser: “Minha maior preocupação é com a vida dos clientes”

O cofundador e CEO da startup, Marcelo Abritta, se mantém otimista e já procura novas oportunidades para explorar em um futuro sem pandemia. “Com o novo aporte, vamos continuar crescendo em número de passageiros, viagens, quantidade de parceiros e nos preparando para a retomada do turismo, que vai chegar”, afirma. “O foco também será diversificar o negócio, que tem potencial para ajudar os brasileiros em outras frentes, como o transporte urbano de passageiros, um setor que é ainda mais fechado do que o [de viagem] interestadual e intermunicipal.”

Desde 2017 no mercado, a Buser ficou conhecida pelo fretamento coletivo de viagens de ônibus, modelo no qual os passageiros “dividiam a conta” pelo transporte. Segundo a empresa, as viagens proporcionadas por seu serviço têm um valor 60% menor comparado às de viações tradicionais. Em menos de quatro anos de atuação, a companhia já possui uma base de 4 milhões de usuários.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).