Entenda por que Elon Musk pode apostar em fone de ouvidos

Tesla protocolou um pedido de extensão de marca para comercializar equipamentos de áudio.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Maja Hitij/Getty Images
Maja Hitij/Getty Images

Elon Musk investe em vários tipos de empresas, do espaço à tecnologia para o cérebro (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


Após investir em mobilidade elétrica, tecnologia espacial e até focar em inovações para o cérebro, o bilionário Elon Musk entra agora na indústria de áudio. A Tesla solicitou a expansão de sua marca registrada para vender equipamentos de áudio, conforme adiantou o site Electrek. O pedido foi feito há duas semanas e inclui as marcas registradas “TESLA” e “T” associadas à categoria. O registro se propõe a cobrir as categorias de headsets, fones de ouvido, leitores de áudio digital, aparelhos de transmissão de som, alto falantes e vários outros acessórios deste segmento.

LEIA TAMBÉM: Veja quais as apostas tecnológicas de Elon Musk em 2022

Os jornalistas especializados em produtos de tecnologia tentam descobrir o que sairia deste movimento, no entanto, o pedido é tão amplo que tem gerado várias dúvidas. Além disso, o fato de registrar uma marca não necessariamente garante um lançamento imediato de um produto relacionado. O que há de concreto é que, nos últimos anos, a Tesla vem dando ênfase ao seu sistema de som embargados nos veículos. O sistema de som do Model 3, por exemplo, foi bem avaliado pelos usuários do automóvel, além do Model S. O Electrek ainda menciona que, atualmente, a Tesla possui vários engenheiros de áudio especializados neste mercado. E, recentemente, contratou profissionais da Amazon, principalmente aqueles envolvidos no desenvolvimento dos alto falantes Echo.

Veja outras apostas tecnológicas de Elon Musk para 2022:

Tesla Bot

O empreendedor pretende lançar um robô que trabalharia no lugar dos humanos em funções consideradas “chatas”. Musk prevendo o futuro, acredita que muitos empregos se tornarão obsoletos porque eles não são “divertidos”. Sendo assim, o Tesla Bot, com a Inteligência Artificial da Tesla, ocuparia cargos que nenhuma pessoa se candidataria, ou também, empregos que colocariam vidas humanas em risco.

Starship

Em 2021, Musk planejava criar viagens para a órbita espacial. Em 2022, a Starship, um foguete financiado pela SpaceX, fará testes orbitais e voos de avaliação. Até o final do ano, Elon Musk pretende usar a espaçonave para lançar satélites de alto desempenho, tanto para missões espaciais, transporte de cargas, quanto para viagens com tripulantes em viagens espaciais à Lua, Terra e Marte.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Neuralink

Criada por Musk em 2016, a Neuralink está desenvolvendo chips para implante cerebral em pessoas. O objetivo é potencializar aplicações médicas para pessoas com lesões graves, por exemplo, entre outras finalidades.

Compartilhe esta publicação: