Clube do trilhão: quais são as 6 big techs que participam?

Apple mantém a liderança do grupo de empresas de tecnologia que bateram recordes de valor de mercado nos últimos anos.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

Os papéis da Big Tech atingiram um recorde de US$ 182,88 nesta segunda-feira, (3) (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


Ao atingir a barreira dos US$ 3 trilhões, nesta segunda-feira, (3), a Apple lidera um grupo de big techs que fizeram história ao ultrapassar US$1 trilhão em valor de mercado. Essa história começou com a própria Apple, ainda em 2018, quando foi a primeira empresa de TI a atingir esse valor. Até então, somente algumas petroleiras já haviam alcançado tais patamares.

A fabricante do iPhone foi seguida um mês depois pela Amazon que não se manteve entre as trilionárias por muito tempo, mas voltou ao grupo em 2020. A Alphabet, dona do Google, alcançou seu trilhão em janeiro daquele ano. Já a Microsoft, atual pretendente a se aproximar mais rápido da marca alcançada pela Apple essa semana, entrou para o grupo também em 2020. O Facebook, atual Meta, alcançou esse valor somente em junho do ano passado.

A Tesla foi a última a aderir ao grupo ao chegar a US$ 1 trilhão em outubro deste ano. Isso ocorreu após uma encomenda histórica da Hertz que adquiriu cem mil carros da Tesla em uma tentativa de reverter o negócio de aluguel de automóveis que vem passando por dificuldades. Na ocasião, as ações da Tesla subiram mais de 9%.

Veja abaixo quem são as gigantes do Clube do Trilhão com base em valores de mercado atualizados nesta segunda-feira, (3), o que colocou a Meta um pouco abaixo.

Apple

US$ 3 trilhões

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Microsoft

US$ 2,51 trilhões

Alphabet

US$ 1,92 trilhão

Amazon

US$ 1,73 trilhão

Tesla

US$1,20 trilhão

Meta

US$ 941,74 bilhões

Compartilhe esta publicação: