4 polêmicas de Elon Musk que deram o que falar

Após crítica ao Twitter, o bilionário sugeriu a criação de uma rede social, suas postagens influenciam, até mesmo, o valor de criptomoedas.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Picture Alliance/Getty Images
Picture Alliance/Getty Images

Elon Musk é a pessoa mais rica do mundo, segundo o ranking da Forbes; sua fortuna é avaliada em US$ 287,6 bilhões

Acessibilidade


Bastou Elon Musk comentar que o assunto rapidamente vira notícia. E, em muitos casos, polêmica. Na semana passada, ao lançar uma enquete em sua conta no Twitter, Musk criticou a plataforma por não possibilitar um ambiente de liberdade de expressão. A partir daí, o fundador da Tesla chegou até mesmo a sugerir a criação de uma própria rede social. Essa não é a primeira vez que polêmicas de Musk viram notícias.

Vejam as quatro recentes em que o bilionário deu o que falar:

Após criticar o Twitter, Musk sugere a criação de uma nova rede social

Musk perguntou aos seus seguidores na semana passada: “Para uma democracia, liberdade de expressão é essencial, mas você acredita que o Twitter adota esse princípio de forma rigorosa?”. Das respostas, o Não teve 70% dos 2 milhões de votos recebidos. Diante do resultado, ele postou novamente: “Considerando que o Twitter deveria ser uma praça pública, falhar ao aderir os princípios de liberdade de expressão prejudica a democracia. Como resolver? Criar uma nova rede social?”

LEIA TAMBÉM: Por que Elon Musk sugere criar uma nova rede social?

A relação do bilionário com os bitcoins

Das polêmicas envolvendo o bilionário aparecem os investimentos de Musk em bitcoins. Na segunda quinzena de março, diante a queda do valor das criptomoedas, ele disse que “não iria vender” seus bitcoins, ethers e dogecoins, e aconselhou as pessoas a não investir em dólares enquanto a inflação estivesse alta. “Como regra geral, para aqueles que procuram conselhos neste assunto, geralmente é melhor possuir coisas físicas, como uma casa ou ações de empresas que você acha que fabricam bons produtos, do que dólares”, disse Musk via Twitter.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Dogecoin vai para o espaço

Em abril do ano passado, o fundador da Tesla afirmou que enviaria dogecoin para a lua em uma de suas viagens espaciais. Com isso, o valor da memecoin subiu 29% logo após o tweet. Em dezembro, ele confirmou, inclusive, por que a Tesla aceitaria pagamentos em dogecoin em vez de bitcoin e, a partir daí, a memecoin teve nova explosão de popularidade.

LEIA TAMBÉM: Memecoins: apenas zoeira da internet ou opção de investimento?

Critica ao foguete de Bezos

Musk aproveitou para alfinetar o concorrente Jeff Bezos na exploração espacial. Em setembro do ano passado, em entrevista para a Forbes, disse que enviaria “uma grande estátua de 2º lugar a Jeff Bezos, junto com uma medalha de prata”. A frase ironiza o empresário da Amazon, que ocupava o posto de homem mais rico do mundo até então.

Compartilhe esta publicação: