Blue Origin, de Jeff Bezos, completa 5º lançamento de voo tripulado

O quarto voo da Blue Origin pousou com sucesso em março no oeste do Texas, após levar seis passageiros para uma jornada de 10 minutos ao espaço

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Imagem: Reuters/Ivan Pierre Aguirre

Acessibilidade


A empresa de turismo espacial Blue Origin, de Jeff Bezos, completou seu quinto lançamentro tripulado neste sábado, após um sistema de backup do foguete New Shepard, que não cumpriu as expectativas, ter adiado a viagem mês passado.

O quarto voo da Blue Origin pousou com sucesso em março no oeste do Texas, após levar seis passageiros para uma jornada de 10 minutos ao espaço.

“Foi uma honra voar esta tripulação especial de exploradores e verdadeiros pioneiros”, disse Phil Joyce, vice-presidente sênior do New Shepard.

Leia mais: Brasileiro faz voo de 10 minutos no espaço pela Blue Origin

“Cada missão é uma oportunidade de dar a mais seis pessoas uma experiência que muda a vida, testemunhando a beleza e a fragilidade do nosso planeta do espaço”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O voo suborbital da empresa dura cerca de 10 minutos, do lançamento ao pouso, e atinge uma altitude de cerca de 106 quilômetros, proporcionado aos passageiros alguns momentos sem gravidade antes da volta à Terra, em um pouso com paraquedas.

Empresas como a SpaceX, de Elon Musk, e a Virgin Galactic, fundada por Richard Branson, vêm tornando o turismo espacial uma realidade.

Até agora, Axiom, SpaceX e Nasa classificaram essas missões como uma marca na expansão do comércio espacial financiado com dinheiro privado, o que membros da indústria chamam de “economia da órbita baixa da Terra” ou “economia LEO”.

A Estação Internacional Espacial recebeu vários turistas ricos nos últimos anos.

Compartilhe esta publicação: