Disney volta às origens e inicia celebração de centenário

Principal evento da empresa no mundo, o D23 começa hoje (9), em Anahein, na Califórnia, marcado pelos 100 anos da empresa

Reprodução

No segundo trimestre de 2022, a receita da Disney foi de US$ 21,5 bilhões, alta de 26% em relação ao mesmo período do ano anterior

Acessibilidade

A Disney dá início hoje (9) às celebrações de seu centenário. Isso ocorrerá na D23, principal evento da empresa no mundo, que vai até o dia 11 apresentando novidades de todas suas marcas e estúdios: Marvel, Star Wars, Pixar, National Geographic e Disney Animation. Voltado para os fãs, a Disney D23 Expo The Ultimate Disney Fan Event traz os principais destaques e lançamentos para o próximo ano e ocorre no Anaheim Convention Center, na Califórnia (Estados Unidos). Na abertura, a Disney apresentará um show de celebração de seus 100 anos batizado de Disney Legends Awards.

Leia mais: Como será a versão brasileira do maior evento da Disney?

O D23 remete ao fã clube oficial da Disney, criado em 2009. O 23 faz menção ao ano em que a empresa foi criada: 1923. A Disney vive um período de retomada após os diversos desafios frutos da pandemia. No segundo trimestre de 2022, a receita da empresa foi de US$ 21,5 bilhões, alta de 26% em relação ao mesmo período do ano anterior. Parte expressiva deste crescimento vem dos recordes de público alcançados depois da reabertura dos parques temáticos. Somente a área que reúne as receitas com experiência e produtos foi responsável por U$$ 7,3 bilhões entre abril e junho, crescimento de 70% em relação ao mesmo período de 2021.

Bob Chapek, CEO da Disney, afirmou que os esforços das equipes criativas e de negócios da empresa, em um período tão importante, foram fundamentais para gerar tais resultados. “Além dos parques temáticos, nossa audiência ao vivo via serviços de streaming, puxada sobretudo pelos esportes, nos ajudou a manter esse ritmo importante de crescimento”, destacou o executivo.


Conteúdo publicitário