Ex químico-chefe da MAC Cosmetics lança nova marca de skincare

Divulgação/Forbes
Divulgação/Forbes

Pure Culture Beauty fará testes genéticos para fornecer produtos personalizados

O mercado de cuidados com a pele já está, com o perdão do trocadilho, com os poros entupidos de grandes marcas e rótulos indie. E, com celebridades como Jennifer Lopez, Rihanna, Kylie Jenner, Selena Gomez, Drew Barrymore, Millie Bobby Brown e muitas outras, investindo em suas próprias linhas de cremes, séruns e tônicos, o segmento deve ficar ainda mais competitivo até o fim do ano. Segundo o NPD Group, empresa americana de pesquisa de mercado, em 2019, os produtos de skincare foram a segunda categoria de mais rápido crescimento na indústria de US$ 140 bilhões de beleza dos EUA.

Mas isso não impediu Victor Casale de começar seu próprio empreendimento. O ex-químico chefe da MAC Cosmetics lançou na última semana a Pure Culture Beauty. O cientista e empresário espera que, com suas credenciais de skincare, o consumidor cada vez mais exigente foque menos no poder das celebridades e mais na inovação por trás da marca.

LEIA MAIS: Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo

Divulgação
Divulgação

Victor Casale é ex-químico chefe da MAC

“A Pure Culture Beauty está focada na compreensão da verdadeira composição científica da sua pele”, diz Casale. “Então, eventualmente, haverá produtos que são tão específicos, que só funcionarão em você.” Sua cofundadora é Joy Chen, ex-CEO da Yes To, marca premium vegana de cosméticos (que fez dela uma premiada e campeã de vendas nas lojas revendedoras) e da H2O+ Beauty, outra empresa premium de cuidados com a pele à base de água.

“Eu sou um geek da ciência”, diz Casale. “Eu faço as fórmulas. E Joy é o negócio, a visão e a experiência do consumidor. Somos o par perfeito.”

A dupla autofinanciou o lançamento, mas Casale e Chen também arrecadaram US$ 5 milhões de suas redes de contatos para uma expansão futura. Eles se conheceram por meio de uma amiga de longa data de Casale, Melinda Richter, chefe global do JLABS, o centro de inovação da Johnson & Johnson. Casale diz: “[Melinda] estava falando sobre o futuro dos produtos farmacêuticos e o direcionamento dos medicamentos personalizados para tipos genômicos específicos.”

Mas Casale diz que a 23andme, uma empresa de kits de teste genético de DNA, é sua verdadeira inspiração da sua marca Pure Culture. “Quando fiz o primeiro kit de teste e aprendi sobre e como minhas raízes europeias me afetam geneticamente, comecei a pensar em como a ciência pode ser aplicada aos cuidados com a pele”, diz ele.

O diferencial da Pure Culture é um kit com swabs de cultura para microbioma que testa as bactérias vivas da sua pele, bem como um teste de equilíbrio de pH para medir os níveis de óleo e sebo. Os resultados determinam as formulações de loções de limpeza, cremes e tônicos personalizados. Cada cliente também preencherá um questionário online sobre dieta, ambiente, ciclos de sono e outras opções de estilo de vida que afetam a pele. “É tudo uma questão de chegar à essência da pele e mostrar o que o olho não pode ver”, diz Chen, “para que assim, possamos corrigir e fornecer o produto certo”.

LEIA MAIS: Mercado global de beleza masculina projeta US$ 78,6 bilhões para 2023

Inovar a experiência do cliente também impulsiona Chen. “A indústria precisa ser mais voltada para dados e ciência. Os clientes estão acostumados a escolher produtos com base no que acham. Não baseado na ciência por trás da pele ou em um objetivo de cuidado.”

Divulgação
Divulgação

Joy Chen é ex-CEO da Yes To e da H2O+ Beauty

Casale e Chen começaram a desenvolver Pure Culture Beauty em julho de 2019 em parceria com um fornecedor europeu de testes de pH. Eles também fizeram parceria com a Diversigen, uma empresa privada em Houston, especializada em serviços de análise de microbioma.

Dan Knights, consultor científico sênior da Diversigen, diz que sua empresa normalmente trabalha com empresas farmacêuticas e de biotecnologia para encontrar curas e soluções de saúde para humanos e animais de estimação. “Esta seria a primeira vez que trabalhamos com uma empresa de beleza e estamos animados para ver como nossa ciência se traduz em cuidados com a pele”, diz ele.

Embora Casale e Chen sejam os únicos dois funcionários em tempo integral, eles contrataram mais consultores de seus 60 anos combinados dentro da indústria para lançar a Pure Culture Beauty.

O segundo nome da marca recém-lançada tem um duplo sentido. Embora “cultura” se refira a técnicas microbiológicas, é também um aceno de uma abordagem única e baseada na ciência para a beleza. “Esta não é uma marca que vai resolver o problema de todos hoje. É um modelo de inovação contínua”, afirma Casale. “Lançamos produtos, testamos, recebemos feedback e ajustamos.”

“Se não pudermos resolver sua situação, vamos dizer que apenas não temos a fórmula certa para você”, diz Chen. “Esta é uma abordagem diferente das outras marcas de cuidados com a pele, onde as pessoas querem apenas vender.”

LEIA MAIS: Dra. Letícia Nanci: o mercado bilionário de cuidados dermatológicos para homens

Mas o caminho à frente está longe de ser perfeito, mesmo para os veteranos da beleza. “Criar este modelo de negócios durante a pandemia não facilitou a construção de alguns relacionamentos importantes ou a obtenção dos suprimentos certos. Conseguir os swabs certos, por exemplo, tem sido difícil, obviamente há um problema de abastecimento devido aos testes de Covid.”

Com pandemia ou não, existem outros obstáculos na criação de uma linha de produtos feitos sob medida. “Tentar fazer algo inovador e garantir que seja amigável e acessível ao consumidor será o verdadeiro desafio”, diz Chen. E, claro, transformar uma marca em um nome conhecido, como as da outras celebridades como Jlo, Rihanna ou a própria inspiração para a marca, a 23andme, é algo que a dupla está preparada para fazer.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).