Foo Fighters cancela show no Lollapalooza após morte de Taylor Hawkins

Turnê que a banda fazia pela América do Sul também está suspensa; integrante faleceu em Bogotá, na Colômbia, onde se apresentaria ontem (25).

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Taylor Hawkins se apresenta no palco do GHMBA Stadium em 4 de março de 2022 na cidade de Geelong, na Austrália

Acessibilidade


Morreu ontem (25), em Bogotá, na Colômbia, Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, aos 50 anos. A informação foi confirmada pela banda nas redes sociais, porém, sem o motivo da morte. Taylor estava na cidade colombiana para uma das apresentações do grupo em uma turnê pela América do Sul. O grupo também se apresentaria amanhã (27) no Lollapalooza Brasil, que ocorre em São Paulo.

Informações prévias apuradas pela emissora colombiana Caracol dão conta de que Taylor foi encontrado sem vida no hotel onde se hospedava, na capital da Colômbia. “A família Foo Fighters está devastada pela trágica e prematura perda de nosso amado Taylor Hawkins”, postou a banda. “Com espírito musical contagiante, viverá conosco para sempre. Pedimos que sua privacidade seja tratada com o máximo de respeito.”, dizia o post.

Hawkins estava com o grupo desde 1997, após dois anos como baterista de Alanis Morissette. À época, substituiu William Goldsmith, que pediu demissão. Atualmente, o baterista também fazia parte da NHC, uma superbanda que surgiu durante a pandemia. No ano passado, o Foo Fighters ganhou um espaço no Hall da Fama do Rock.

Receita do Foo Fighters

A banda já entrou na lista da Forbes de Celebridades do entretenimento com maior receita. Em 2018, o Foo Fighters ficou na posição 53 com um faturamento estimado de US$ 47 milhões distribuídos entre os integrantes.

Compartilhe esta publicação: