Como é estar a bordo do iate que é a “Ferrari dos mares”

Novo WallyPower 58 foi lançado no Boat Show de Veneza e reúne design arrojado com tecnologia

Rachel Ingram
Compartilhe esta publicação:
Gilles Martin-Raget
Gilles Martin-Raget

O WallyPower 58 é o novo iate da fabricante Wally

Acessibilidade


Quase duas décadas após o lançamento do WallyPower 118, o estaleiro Wally, com sede em Mônaco, está de volta com sua maior atração até agora. Lançado durante o Venice Boat Show, o chamativo WallyPower 58 foi o barco mais falado do evento – e com razão.

Quando a novidade parou no meu hotel à beira da lagoa, um murmúrio de excitação se ergueu entre a multidão de viajantes que esperavam por táxis aquáticos. As pessoas se aproximaram para tirar fotos do impressionante iate angular alinhado com o cais – lançando uma silhueta única que se destaca contra o mar de barcos de madeira tradicionais que dominam as vias navegáveis ​​de Veneza. Quando nós, os poucos sortudos, embarcamos, nos sentimos VIPs – a multidão continuou a tirar fotos de seu exterior elegante enquanto navegávamos.

As cabeças continuaram a se virar enquanto percorríamos as muitas ilhas de Veneza. Dos convidados e tripulantes a bordo dos iates ao lado aos adolescentes locais em seus barcos a motor e pranchas de remo, todos pararam e olharam, quase hipnotizados.

Leia mais: Condomínio de luxo em alto-mar: superiate terá apartamentos de mais de US$ 10 milhões

Gilles Martin-Raget
Gilles Martin-Raget

WallyPower 58 tem velocidade de 35 nós

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O WallyPower 58 é certamente um iate para quem gosta de chamar a atenção, bem como para quem aprecia design e tecnologia moderna – uma grande porcentagem dos atuais proprietários de iates Wally são do mundo do design e da tecnologia, me disse a marca.

Pisando a bordo, ela imediatamente parece com um Wally, embora um pouco mais elegante do que os modelos anteriores. “Se o WallyPower 200 é como uma van Mercedes-Benz Vito, o WallyPower 58 é como uma Ferrari”, disse Luca Bassani, fundador da marca, ressaltando suas “linhas puras dominadas pelos chines duplos no casco e nas entradas de ar”.

A embarcação contemporânea está sendo comercializada como um barco diurno e ela certamente tem espaço para entreter. Começamos o dia tomando sol na proa e terminamos cochilando no convés de popa de 25m² (aumentado graças às ‘asas’ de baluarte dobráveis), onde um grande solário tem um toldo opcional que pode ser levantado com o toque de um botão se o sol fica muito quente.

Gilles Martin-Raget
Gilles Martin-Raget

Convés da popa tem 25 metros quadrados

Os hóspedes que sentirem o calor também podem se refrescar no cockpit de 12 m² com ar-condicionado, aberto, mas coberto, ou dar um mergulho na inovadora plataforma hidráulica do barco que desce em direção à água.

Abaixo do convés, há uma cabine noturna para até quatro pessoas, permitindo que os proprietários transformem uma viagem de um dia em um refúgio. Aqui também é onde você encontrará a mais recente inovação da Wally, uma “vigia mágica” em forma de janela que oferece aos hóspedes uma visão externa do mundo exterior em tempo real.

Leia mais: Estaleiro Rossinavi revela novo conceito de catamarã de luxo

“Para minimizar as aberturas laterais que costumam estragar as linhas do casco, decidimos removê-las completamente e instalar em cada lado do barco uma câmera com resolução 4K e gimbal estabilizado”, explica Stefano de Vivo, diretor geral da Wally e CCO do grupo Ferretti. “As duas câmeras são conectadas a duas telas montadas a bordo, criando uma ampla visão externa sem escotilhas. Estamos muito orgulhosos desta solução inovadora e eficaz que requer menos manutenção do que as vigias, sem risco de danificar o vidro ao atracar e, acima de tudo, máxima privacidade tanto na âncora quanto no porto.”

Toni Meneguzzo
Toni Meneguzzo

Cockpit com ar-condicionado do Wally Power 58

Quando saímos da lagoa e atingimos o mar, o barco realmente se destacou – ele apresenta a assinatura da Wally, o eficiente casco em V profundo, proporcionando eficiência, estabilidade e uma louvável velocidade de cruzeiro de 35 nós.

“Na Wally, costumamos dizer que nossos iates estão 20 anos à frente de seu tempo e, neste caso, essa é a realidade, pois o novo WallyPower 58 honra a estética do inovador 118, cerca de duas décadas depois de ter sido introduzido no mercado”, diz de Vivo. “É claro que também incorporamos as múltiplas inovações técnicas e práticas que construímos desde 2003, garantindo que a novidade lidere o caminho para iates em sua categoria por muitos anos.”

O iate é uma criação de Bassani, que continua a ocupar o cargo de designer-chefe da Wally depois que ele vendeu a empresa para a potência italiana de construção naval Ferretti Yachts em 2019. Bassani passou os últimos três anos trabalhando com a equipe Ferretti, liderada pelo CEO Alberto Galassi, para expandir a frota.

Toni Meneguzzo
Toni Meneguzzo

Parte por baixo do deck do iate

“De um lado tenho Bassani, um vulcão de ideias, e do outro tenho a bateria atômica que é Galassi – ele não para”, diz de Vivo. “E estou no meio para reuni-los.”

Wally está atualmente se preparando para lançar vários novos modelos que serão revelados nos próximos meses, incluindo o 58X (no final de 2022), dois novos Wallywhys (em dezembro de 2022 e setembro de 2023) e um cruzeiro de corrida personalizado Wally 101 (em 2023).

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: