Anvisa recebe pedido de uso emergencial da Sputnik V

A agência reguladora afirmou que o pedido feito pelo laboratório União Química tem prazo de sete dias úteis para a análise

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reuters/Tatyana Makeyeva
Reuters/Tatyana Makeyeva

A Anvisa já iniciou a triagem dos documentos presentes no pedido

Acessibilidade


A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou hoje (26) ter recebido o pedido de uso emergencial da vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V no Brasil.

Em nota, a agência reguladora afirmou que o pedido feito pelo laboratório União Química tem prazo previsto de sete dias úteis para a análise.

LEIA TAMBÉM: Butantan pede autorização para teste clínico de vacina própria contra Covid

“A solicitação de análise do uso emergencial, protocolada na madrugada de sexta-feira, é um novo pedido. O anterior, protocolado pelo laboratório União Química no dia 15 de janeiro, será cancelado. A Anvisa já iniciou a triagem dos documentos presentes no pedido”, informou a agência. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: