Apple suspende programa de análise de gravações da Siri

Leonhard Foeger/Reuters
A Apple suspendeu seu programa global em que analisa gravações de usuários com a Siri

A Apple disse hoje (2) que suspendeu seu programa global em que analisa gravações de usuários interagindo com sua assistente de voz Siri, depois que algumas preocupações com a privacidade foram levantadas sobre o programa.

LEIA MAIS: Apple tem resultado trimestral acima do esperado

A decisão da Apple ocorre após uma reportagem do “The Guardian” na semana passada, que dizia que os contratados pela empresa ao redor do mundo para revisar as gravações ouviam regularmente informações confidenciais e conversas particulares.

“Enquanto realizamos uma revisão completa, estamos suspendendo as análises da Siri globalmente”, disse uma porta-voz da Apple em um comunicado, acrescentando que em uma futura atualização de software, os usuários poderão optar por não participar do programa.

Siri, a icônica assistente de voz da Apple, permite que os usuários utilizem seu iPhone sem usar as mãos, podendo enviar mensagens, fazer chamadas e abrir vários aplicativos com comandos de voz.

Em um esforço para realizar verificações de qualidade e melhorar as respostas da assistente de voz, os contratados classificaram as respostas da Siri conforme as perguntas dos usuários, relatou o “The Guardian”. Eles também analisaram se a resposta foi acionada acidentalmente, sem uma consulta deliberada do usuário, disse o jornal.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).