Serviços da Apple no Brasil vão custar R$ 111 por mês no total

ReproduçãoForbes
Novos serviços foram anunciados no último evento em Setembro

Resumo:

  • Apple anunciou ontem (10) os serviços TV+ e o Apple Arcade
  • Empresa já oferece o Apple Music, News+ e iCloud Storage;
  • Ao todo, cinco serviços oferecidos no Brasil vão custar R$ 111 por mês;

LEIA TAMBÉM: Ações da Netflix e Disney sofrem queda depois de anúncio da Apple

A Apple anunciou ontem os novos serviços TV+ e Apple Arcade, no seu tradicional evento de setembro. A partir de agora, adquirir todos os produtos por assinatura que a empresa disponibiliza no Brasil custará cerca de R$ 111 por mês.

Os cinco principais serviços por assinatura oferecidos pela Apple custam no Brasil:

Apple Music: R$ 16,90 por mês (o plano família custa R$ 24,90 por mês)

News+: US$ 9,99 ao mês (cerca de R$ 40);

Apple Arcade: R$ 9,90 por mês;

TV+: R$ 9,90 ao mês; 

iCloud Storage: R$ 34,90 por mês (para dois terabytes).

Claramente, a transição da Apple para uma companhia de serviços está bem encaminhada. Mas, para os clientes, algumas decisões devem ser tomadas.

Com Netflix, HBO, e Disney (em breve), entre outros serviços, a grande questão será: quantas assinaturas eu quero pagar por mês?

News+ e Apple Music são bons negócios. No primeiro, você tem acesso a centenas de revistas e novas pesquisas que ainda não foram divulgadas. Já no segundo, você basicamente consegue todos as músicas que quiser (digitalmente). Além do mais, um iCloud storage com uma boa capacidade é basicamente uma necessidade certa para usuários da marca.

Quando se trata de outras assinaturas, no entanto, eu já não tenho tanta certeza.

O TV+ não é caro, mas tem menos programas. No entanto, você pode conseguir um ano grátis ao adquirir um novo dispositivo Apple. Já o Apple Arcade garante acesso a um bom catálogo de jogos novos e clássicos, enquanto o modo grátis dos jogos é bem estabelecido.

De qualquer forma, todas esses produtos da Apple vão acabar pesando no seu bolso.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).