Ibovespa avança pela 3ª vez seguida

Getty Images
O Ibovespa subiu 1,98%, a 103.831,92 pontos

O Ibovespa avançou pelo terceiro pregão consecutivo hoje (11), amparado mais uma vez pelo otimismo relacionado à negociação entre Estados Unidos e China, que afirmaram no final da sessão que tiveram grandes avanços para o fim da guerra comercial.

LEIA MAIS: Ibovespa avança de olho em negociações comerciais

O Ibovespa subiu 1,98%, a 103.831,92 pontos. O volume financeiro somou R$ 15,58 bilhões. Na semana, o índice reverteu a queda que registrou nas duas primeiras sessões e avançou 1,25%.

Após uma sessão muito positiva para mercados globais, com agentes financeiros otimistas com o segundo dia de negociações comerciais, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que seu país e a China chegaram a um acordo comercial preliminar, envolvendo ainda questões de propriedades intelectual, serviços financeiros e grandes compras agrícolas.

Os dois lados afirmaram perto do final da sessão que estão muito próximos de encerrar a guerra comercial. Trump afirmou a jornalistas que vai ser preciso até cinco semanas para a conclusão da redação do acordo definitivo com Pequim. Por sua vez, o vice-premiê chinês, Liu He, disse que ambos os lados fizeram substancial progresso em vários campos e que vão continuar com os esforços para um acordo.

Em Wall Street, o S&P 500 ganhou 1,1% e o Dow Jones subiu 1,2%.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse a repórteres que Trump concordou em não avançar com um aumento nas tarifas sobre cerca de US$ 250 bilhões em produtos chineses que deveriam entrar em vigor na terça-feira (15).

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).