EUA impõem mais sanções ao Irã por ataques com mísseis

Alex Wong/Getty Images
Steven Mnuchin (à direita) anuncia novas sanções contra o Irã ao lado do secretário de Estado, Mike Pompeo

Os Estados Unidos impuseram mais sanções ao Irã hoje (10) em retaliação por seu ataque com mísseis contra as forças norte-americanas no Iraque nesta semana e prometeram apertar ainda mais a economia iraniana se o governo daquele país continuar engajado no que Washington descreve como atos terroristas.

Os alvos das sanções incluem os setores manufatureiro, de mineração e têxtil do Irã, além de autoridades iranianas que, segundo Washington, estavam envolvidas no ataque de 8 de janeiro.

LEIA MAIS: Irã quer ficar responsável por caixa-preta após queda de avião ser atribuída a míssil

As sanções foram anunciadas pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, ao lado do secretário de Estado, Mike Pompeo, na Casa Branca.

As tensões entre Washington e Teerã aumentaram desde que o presidente Donald Trump retirou unilateralmente os EUA do acordo nuclear do Irã em 2018 e começou a reimpor sanções que foram relaxadas sob o pacto.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).