Uber promete revelar logo plano para carros a diesel

Empresa vai abolir o combustível para defender sua operação em Londres

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

Empresa vai abolir o combustível para defender sua operação em Londres

Acessibilidade


O Uber informou que irá fornecer mais informações, nas próximas semanas, sobre seu planejamento de suspender o uso de carros movidos a diesel em Londres e sobre um regime de sucata proposto. O anúncio acontece à medida que se aproxima a data estipulada pela justiça para o aplicativo de táxi defender seu direito de operar na capital da Inglaterra.

LEIA MAIS: Uber suspende programa de direção autônoma no Arizona

A empresa do Vale do Silício disse em setembro que deixaria de usar carros movidos a diesel em Londres até o final de 2019 e que a grande maioria das corridas será feita por veículos elétricos ou híbridos. “Nas próximas semanas, vamos definir mais detalhes do nosso plano de tirar milhares de carros a diesel das estradas, já que pretendemos ser totalmente elétricos em Londres até 2025”, disse o gerente geral do Uber no Reino Unido, Tom Elvidge.

Logo depois do anúncio de setembro, o Uber foi considerado incapaz de conduzir um serviço de táxi pelo órgão regulador Transport for London (TfL) e foi destituída de sua licença.

Elvidge disse que a empresa cometeu erros. “A decisão da TfL logo se tornou o mais recente chamado de alerta para uma empresa que tinha crescido incrivelmente rápido, mas ainda precisava crescer”, acrescentou ele em um comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Seu apelo será ouvido no final de junho.

Compartilhe esta publicação: