Ibovespa fecha em alta e renova máxima

Bolsa passa dos 97 mil pontos e encerra semana de tombo histórico da Vale.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Na semana, o Ibovespa contabilizou acréscimo de 0,19%, no sexto desempenho semanal positivo

Acessibilidade


O Ibovespa fechou em alta hoje (1), batendo nova máxima de fechamento em sessão sem tendência firme, e encerrou uma semana marcada pelo tombo histórico das ações da Vale e perspectivas de pausa no processo de alta de juros nos EUA.

LEIA MAIS: Ibovespa fecha em alta com aval do Fed

Referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,48%, a 97.861,27 pontos, após oscilar da mínima de 96.990,33 pontos à máxima de 98.043,90 pontos. O giro financeiro da sessão somou R$ 14 bilhões.

Na semana, o Ibovespa contabilizou acréscimo de 0,19%, no sexto desempenho semanal positivo.

Dados de emprego dos Estados Unidos estiveram no radar na primeira etapa dos negócios, mas não mudaram o prognóstico sobre o juro norte-americano, após sinalização ‘dovish’ (suave) mais contundente do Federal Reserve mais cedo na semana.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O pregão também foi marcado pela expectativa para a eleição para as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado, e o potencial efeito no andamento da agenda econômica do governo.

VEJA TAMBÉM: Ibovespa fecha em alta de mais de 1%

A primeira sessão de fevereiro ainda refletiu ajustes em portfólios recomendados para o mês, com estrategistas ainda enxergando espaço para novas altas, mas sem descartar um eventual “respiro”, após o desempenho acumulado no ano.

“O mercado já antecipou parte da melhora do cenário no Brasil, e fevereiro pode trazer volatilidade”, afirmou a equipe da XP Investimentos.

Compartilhe esta publicação: