Mercado tailandês troca plástico por folha da bananeira

Foto Reprodução Forbes
Os produtos são embrulhados em uma folha de bananeira e presos com um elástico.

Um supermercado da Tailândia inventou uma maneira genial de reduzir as embalagens plásticas, embrulhando seus produtos em folhas de bananeira.

LEIA MAIS: Brasil é 4º maior produtor de lixo plástico

A ideia surgiu no Supermercado Rimping, em Chiangmai, na Tailândia. Uma empresa imobiliária em Chiang Mai, a Perfect Homes, postou fotos da embalagem de folha de bananeira em sua página no Facebook, fazendo com que a iniciativa se tornasse um sucesso no país.

Das 9 bilhões de toneladas de plástico já produzidas, apenas 9% foram recicladas. Esse dado, aliado às projeções do rápido aumento da produção do material, levou o tema ao centro dos holofotes em todo o mundo.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente estima que até 2050 haverá 12 bilhões de toneladas de plástico em aterros sanitários, no meio ambiente e nos oceanos. Destes resíduos, pontas de cigarro, garrafas plásticas de bebidas, embalagens de alimentos e sacolas são as maiores contribuições.

O uso de folhas de bananeira em vez de plástico para embalar os produtos é uma ótima maneira de ser mais sustentável. Embora pareça que seja usado um plástico para colar o rótulo, esse método reduz significativamente a quantidade necessária do material. Os produtos são embrulhados em uma folha de bananeira e presos com um elástico. As folhas de bananeira são uma ótima alternativa, pois são grandes, grossas e flexíveis o suficiente para serem dobradas.

Um ponto a ser considerado é o custo relativo do plástico versus as folhas de bananeira. Em regiões tropicais, as folhas de bananeira existem em abundância e podem até ser adquiridas gratuitamente, dependendo da quantidade. Em locais mais temperados, seu uso pode ser significativamente mais caro que o plástico. No entanto, o emprego de produtos biodegradáveis locais pode ser uma boa alternativa.

O uso de folhas de bananeira para embrulhar alimentos já é antigo. Em algumas regiões tropicais do México, o tamal – prato tradicional da culinária mesoamericana – é envolto nessas folhas. Os havaianos usam folhas de bananeira durante o processo de assar suínos, a fim de proteger o animal das rochas quentes. Elas também são usadas para embrulhar arroz doce no sudeste da Ásia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).