Casa Branca e Congresso dos EUA acertam mais um pacote de US$ 500 bi por coronavírus

Caroline-Purser-_-Getty-Images
Caroline-Purser-_-Getty-Images

O novo programa de auxílio ajudará pequenas empresas e hospitais

Líderes do Congresso dos Estados Unidos e da Casa Branca concordaram hoje (21) com mais um pacote de quase US$ 500 bilhões para aliviar a economia na pandemia de coronavírus, e o presidente Donald Trump pediu que os parlamentares aprovem a medida rapidamente.

O acordo prevê US$ 321 bilhões para um programa de empréstimos a pequenas empresas, US$ 60 bilhões para outro programa de crédito de emergência também para pequenas empresas, US$ 75 bilhões para hospitais e US$ 25 bilhões para testes do coronavírus no país, afirmou um importante assessor republicano.

LEIA MAIS: Trump pede pacote de socorro à indústria petrolífera dos EUA devido à queda de preços

O Senado deve votar o plano ainda nesta terça, e a Câmara dos Deputados ainda nesta semana, provavelmente na quinta (23).

Líderes parlamentares haviam dito estar muito próximos de um acordo sobre leis para oferecer mais verbas a pequenas empresas, após um fundo de US$ 350 bilhões ser consumido rapidamente.

O projeto de lei definido será a quarta maior peça legislativa aprovada enquanto o governo federal busca aliviar os pesados efeitos econômicos e pessoais da pandemia que já matou mais de 42 mil americanos e deixou mais de 22 milhões sem emprego.

Trump pediu que os parlamentares ajam rapidamente. O presidente disse que novas negociações começam após a aprovação para mais medidas de alívio econômico, incluindo fundos para governos estaduais e locais que passam por perda de receita por conta do vírus, e projetos de infraestrutura que têm sido requisitados pelos democratas durante a crise.

(com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).