HSBC tem queda de 57% no lucro do 1º trimestre com impacto do coronavírus

A receita do HSBC diminuiu 5% na mesma comparação, a US$ 13,69 bilhões

O britânico HSBC, maior banco da Europa, divulgou hoje (28) que teve lucro líquido de US$ 1,79 bilhão no primeiro trimestre de 2020, representando queda de 57% em relação a igual período do ano passado. A receita diminuiu 5% na mesma comparação, a US$ 13,69 bilhões.

O HSBC, que tem sede em Londres mas foca o mercado asiático, atribuiu a piora do resultado principalmente ao impacto econômico da pandemia de coronavírus em seus clientes, fator que gerou a expectativa de maiores perdas com crédito.

LEIA MAIS: HSBC reduzirá banco de investimento e cortará 35 mil empregos em revisão de estratégia

Entre janeiro e março, o volume esperado de perdas com crédito atingiu US$ 3 bilhões.

Às 4h55 (de Brasília), a ação do HSBC recuava cerca de 1% na Bolsa de Londres. Com informações da Dow Jones Newswires. (Com Agência Estado)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).