Tribunal do Cade avaliará aquisição de ativos da Imcopa pela Bunge

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

O contrato de venda foi assinado em maio

Acessibilidade


O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu nesta quarta-feira (7) que irá analisar a aquisição pela Bunge de duas plantas de processamento de soja da Imcopa, localizadas em Araucária e Cambé, no Paraná, informou a autarquia.

O contrato de venda foi assinado em maio. Em fevereiro fontes haviam informado à Reuters que as duas companhias tinham chegado a um acordo pelas unidades paranaenses.

VEJA TAMBÉM:Bradesco faz acordo com Cade em caso envolvendo GuiaBolso

As fontes disseram que a Bunge pagaria cerca de R$ 50 milhões pelas duas unidades e assumiria dívidas de cerca de R$ 1 bilhão.

No Cade, a operação está sob a relatoria do conselheiro Sérgio Ravagnani e a proposta de análise foi formulada pelo conselheiro Luiz Hoffmann.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em seu despacho, Hoffmann destacou que as empresas envolvidas na operação trouxeram dados divergentes aos apresentados por concorrentes no que diz respeito à estrutura do setor de óleo de soja refinado, disse o comunicado do Cade.

Também não foram informadas estimativas com relação à participação de outras empresas no segmento de lecitina de soja, acrescentou a nota.

“Na avaliação do conselheiro, essas questões somadas ao fato de que o negócio tem potencial de elevar a concentração em ambos os mercados, justificam uma análise também por parte do Tribunal da autarquia.”

E AINDA:Venda da Liquigás pela Petrobras deve ser condicionada a acordo, recomenda Cade

Ele ainda disse que o Cade não logrou obter informações de todos os players do segmento, de modo que o cenário considerou os volumes produzidos e comercializados pelas requerentes e pelos concorrentes que se manifestaram no curso da instrução.

Procurada, a Bunge não respondeu imediatamente ao pedido de comentários. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: