Venus Williams dá dicas para empreendedores enfrentarem a pandemia

Bryan Bredder/Getty Images
Bryan Bredder/Getty Images

Venus Williams traça paralelos entre sua experiência de jogar tênis e administrar diversos empreendimentos durante a pandemia

A campeã de tênis e medalhista olímpica de ouro Venus Williams tem alguns conselhos para os proprietários de pequenas empresas e empreendedores que lutam para encontrar o equilíbrio dos negócios no “novo normal”. Não deixar o medo assumir o controle é uma lição que ela aprendeu aos 19 anos, enquanto competia com a irmã Serena, então com 17, no U.S. Open de 1999. Venus conseguiu chegou às semifinais, mas sua irmã venceu o torneio.

“Eu deixei o medo assumir meu corpo quando eu deveria tê-lo ignorado e feito o meu melhor”, conta a medalhista. “Trabalhamos duro para conquistar cada vez mais, então menos do que isso simplesmente não é aceitável. Essa foi a minha maior perda.”

LEIA MAIS: Venus Williams lança Rib, sua primeira coleção de roupas para a prática de tênis

Em entrevista à Forbes antes do “Business Class Live: Summit for Success”, organizado pela American Express, em 20 de outubro, Venus traçou paralelos entre sua experiência de jogar tênis e administrar diversos empreendimentos durante a pandemia. “Embora seja um momento muito desafiador, é uma oportunidade de refinar seu negócio e trazer um serviço ou produto que seja realmente necessário, não apenas desejado”, apontou a tenista, fundadora da empresa de design de interiores V Starr e da marca de roupas esportivas EleVen. Para ela, “este ano mostrou a todos nós que precisamos criar algo para o qual não podemos dizer não”.

Para Venus, todos os empreendedores podem se beneficiar do atual cenário mundial. Em 31 de agosto, mais de 163 mil empresas foram fechadas nos Estados Unidos como resultado da pandemia, como mostrou o relatório de setembro de Impacto Econômico Local do Yelp. Isso representa um aumento de 23% em relação a 10 de julho. Ainda mais alarmante: 60% dos comércios que tiveram seus negócios paralisados fecharam permanentemente devido à Covid-19. O Relatório de Média Econômica do Yelp para o terceiro trimestre, lançado em 22 de outubro, no entanto, aponta para uma recuperação esperançosa: mais de 210 mil empresas já voltaram a funcionar em meio a um aumento significativo no interesse do consumidor por serviços e atividades ao ar livre.

Para as empresas que conseguiram se manter ativas, o caminho a seguir exigirá a vontade dos executivos em se adaptar a um ambiente de constante mudança. Segundo a última Pesquisa de Resiliência de Negócios da American Express, com 1 mil proprietários de empresas, cerca de 76% das pequenas e médias empresas tiveram que mudar seus modelos de negócios para manter a receita. Dos pesquisados, 73% esperam pivotar novamente no próximo ano e mais de 80% ainda acreditam que os benefícios de possuir seus próprios negócios superam os desafios.

VEJA TAMBÉM: O segredo de Serena Williams para ter sucesso com investimentos de risco

Quando se trata de superar obstáculos, os proprietários de pequenas empresas não podem duvidar de si mesmos. Venus aprendeu que a preparação mental é essencial, especialmente em momentos decisivos. “É normal ter medo, mas não é normal deixar que isso estrague seu processo de tomada de decisão”, diz ela. “Sempre há uma razão para ter medo, mas você deve deixá-lo tomar conta?”, pergunta.

As lições duramente aprendidas são colocadas em prática quando a tenista se prepara para ser uma empreendedora de múltiplos negócios. Inspirada em seu pai, que dirigia sua própria empresa de segurança, e por sua mãe, que encorajou sua criatividade quando criança, Venus encontrou sua segunda vocação na moda e design de interiores.

Em 2002, a medalhista fundou a V Starr, que recentemente colaborou com a parceira do Airbnb e Niido para projetar seu primeiro complexo de apartamentos. Em 2009, Venus e sua irmã se tornaram as primeiras mulheres afro-americanas a comprar uma participação em uma franquia da NFL quando se juntaram ao grupo de proprietários dos Miami Dolphins. Três anos depois, ela lançou EleVen e obteve seu diploma de associada em design de moda do Art Institute of Fort Lauderdale. No início deste ano, ela fez parceria com a Credo Beauty para lançar uma linha de produtos de proteção solar limpos e minerais, a EleVen by Venus.

A tenista diz que administrar seus negócios no ambiente atual tem sido um dos maiores desafios que ela já enfrentou, mas ela ainda aprecia o lado positivo da situação. “O mundo do empreendedorismo está realmente ajudando os afro-americanos, as mulheres e as minorias durante o contexto de pandemia. É preciso encarar a pandemia como um desafio – você precisa aceitá-la e seguir em frente. Não há tempo a perder. ”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).