Programe suas próximas viagens

Divulgação

O momento ainda pede cautela, mas que tal já ir escolhendo onde relaxar quando puder? Alguns dos melhores hotéis do mundo já têm data para reabrir – nos EUA, França, Alemanha e Turquia.

Veja, na galeria de fotos, a reabertura dos melhores hotéis do mundo:

  • Brenners Park-Hotel & Spa

    Baden-Baden (Alemanha)

    Ao sul de Frankfurt, perto da Floresta Negra e da França, o hotel de 1872 programou sua reabertura para 15 de junho. Localizado em um parque arborizado às margens do rio Oos, o Brenners convida a curtir os diversos tratamentos em suas fontes termais da Villa Stephanie Spa, prédio aberto em 2015, com grande piscina coberta e janelas para o jardim que parecem quadros. Oferece também lojas de grifes de luxo e três restaurantes dirigidos pelo chef Paul Stradner, entre eles o Brenners Restaurant, com duas estrelas Michelin.

    Divulgação
  • Mandarin Oriental Bodrum

    Bodrum (Turquia)

    Após cortar a cabeça do Minotauro e escapar do labirinto, Teseu pega Ariadne e zarpa de Creta rumo a Atenas pelo mar Egeu. Na parada em uma ilha, porém, ele decide abandonar Ariadne, o que deixa a deusa Atena indignada… As espreguiçadeiras no deck da piscina de borda infinita, com o Egeu iluminado pelo pôr do sol no Mandarin Oriental Bodrum (reaberto em 20 de maio, com duas praias privativas), são perfeitas para elucubrar sobre mitologia grega – e suficientes para voar para esse pedaço do paraíso na Turquia.

    Divulgação
  • Hotel du Cap-Eden-Roc

    Cabo de Antibes (França)

    A reabertura prometida para 1º de julho é um bom motivo para celebrar os 150 anos do hotel, ícone da Riviera Francesa, lugar mágico para poetas e pintores. Para o verão histórico, o hotel, que inspirou F. Scott Fitzgerald a escrever “Suave é a Noite” (1934) e Claude Monet a pintar uma série de paisagens (1888), convidou o chef Eric Frechon (três estrelas Michelin), do Le Bristol Paris, a elaborar com os chefs locais um menu especial. O design interior dos restaurantes foi renovado por Patricia Anastassiadis.

    Divulgação
  • The Mark Hotel

    Nova York (EUA)

    Próximo ao Central Park, o discreto The Mark Hotel, em Upper East Side, marcou a reabertura para 15 de junho. Com uma suíte de 930 metros quadrados e o restaurante comandado por Jean-Georges, o hotel se destaca pela curadoria de arte – das ilustrações de Jean-Philippe Delhomm nos frascos de xampu às gravuras de Karl Lagerfeld, passando pelo lustre do lobby, de Ron Arad. Ao entrar no hotel, sinta a fragrância Jurassic Flower, criada pelo mestre perfumista Frédéric Malle especialmente para o The Mark.

    Scott Frances

Brenners Park-Hotel & Spa

Baden-Baden (Alemanha)

Ao sul de Frankfurt, perto da Floresta Negra e da França, o hotel de 1872 programou sua reabertura para 15 de junho. Localizado em um parque arborizado às margens do rio Oos, o Brenners convida a curtir os diversos tratamentos em suas fontes termais da Villa Stephanie Spa, prédio aberto em 2015, com grande piscina coberta e janelas para o jardim que parecem quadros. Oferece também lojas de grifes de luxo e três restaurantes dirigidos pelo chef Paul Stradner, entre eles o Brenners Restaurant, com duas estrelas Michelin.

Reportagem publicada na edição 78, lançada em junho de 2020

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).