5 pensamentos sabotadores para eliminar e ser bem-sucedido

Hinterhaus / Productions
Para evitar o burnout, é necessário driblar pensamentos sabotadores que impedem o desenvolvimento profissional

O burnout está causando estragos, especialmente em grandes organizações. Segundo um estudo da Kronos, 15% dos líderes de RH em empresas com mais de 2.500 funcionários afirmam que o problema é responsável por 50% ou mais de sua rotatividade anual. Um em cada cinco desses profissionais em companhias com 100 a 500 funcionários citou o estresse total como a causa de 10% ou menos de sua rotatividade.

Sempre me sinto motivado quando as organizações me convidam para falar ou dar orientações sobre o assunto, especialmente aquelas conhecidas pelo comprometimento com o bem-estar dos funcionários. É melhor prevenir do que remediar, logo, ao ter conversas mais holísticas sobre carreira, criam-se locais de trabalho que dão suporte ao desenvolvimento profissional significativo.

VEJA MAIS: 9 dicas para aumentar sua resiliência mental e evitar o burnout

Dessa forma, como exatamente o burnout é evidenciado ao ser examinado em diferentes estágios?

Primeiro, os limites são obscurecidos, e a integração entre a vida profissional e pessoal desaparece. Depois, o corpo sofre um impacto mental e emocional, e o foco começa a sumir. Em terceiro lugar, inicia-se uma fase de desconexão acompanhada possivelmente de irritação ​​e estado de negação. Por fim, surge a condição de completa desprendimento, e o desempenho cai visivelmente. É aqui que se perde o zelo pela vida.

Se você deseja evitar essa situação para si ou sua equipe e busca tomar medidas de recuperação, veja na galeria de imagens a seguir cinco pensamentos que devem ser evitados:

  • 1. Estou sendo bem pago, e é uma boa oportunidade, então deveria estar feliz

    Esta não é uma visão saudável do local de trabalho, pois a ocupação não deve ser apenas um meio de pagar as contas. Ame a si mesmo o suficiente para atrair e aceitar apenas a excelência, algo diferente de perfeição. Quando o dinheiro é um fator essencial e a satisfação vai embora, o desgaste aumenta com o tempo.

  • 2. O mercado de trabalho é competitivo demais para mudar de empresa

    Se você sabe que perdeu o senso de propósito e seu trabalho ou empresa está contribuindo com a maneira como se sente, não se preocupe com o que não pode controlar. Concentre-se no que está sob seu controle como sua marca pessoal, habilidades de entrevista, capacidade de fazer contatos e obter clareza sobre a carreira. A chave para driblar essa situação é chegar às empresas quando há menos concorrência e o vaga ainda não foi publicada. Obter uma recomendação na forma de indicação de funcionário também é uma das melhores maneiras de ofuscar os concorrentes.

  • 3. Algo ou alguém precisa de mim

    Seus planos são importantes e você é um ser humano com necessidades básicas, como descanso, conexão e segurança. Ao trabalhar demais continuamente, é definida a expectativa de que os funcionários que vierem depois farão o mesmo.

  • 4. Não sei como parar, por isso devo continuar

    Parar é difícil, especialmente quando se gosta do que faz. Mas a verdade é que é possível parar, especialmente quando existe apoio.

  • 5. Vou apenas (insira o que você faz) para ficar acordado

    Você não é invencível e precisa dormir. Muitos grandes empreendedores passam por fases em que se sentem pressionados no trabalho. Mais de 2.600 pessoas foram pesquisadas em um estudo de 2020 pelo CPAP, um fornecedor de equipamentos para apneia do sono, e aqui estão os resultados:

    . Quase 60% dos funcionários sentiam-se obrigados a ficar acordados a noite toda, e 1 em cada 4 foram orientados a fazer isso pelo chefe;

    . Os principais motivos para os profissionais não dormirem foram: cumprir um prazo (52%), trabalhar em vários turnos (48%) e resolver problemas ou criar estratégias (26%);

    . Depois de trabalhar durante a madrugada, os funcionários se sentiam menos concentrados (83%), alertas (81%) e produtivos (75%) no trabalho no dia seguinte.

1. Estou sendo bem pago, e é uma boa oportunidade, então deveria estar feliz

Esta não é uma visão saudável do local de trabalho, pois a ocupação não deve ser apenas um meio de pagar as contas. Ame a si mesmo o suficiente para atrair e aceitar apenas a excelência, algo diferente de perfeição. Quando o dinheiro é um fator essencial e a satisfação vai embora, o desgaste aumenta com o tempo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).