4 hábitos que podem fazer seu chefe desconfiar do seu profissionalismo no home office

Getty Images / Plattform
A atuação remota permanecerá, e, se quiser prosperar nesse ambiente, é hora de fazer uma auditoria em seu profissionalismo

Inicialmente, trabalhar em casa pareceu um sonho. As vantagens de não gastar mais tempo para ir até o escritório, organizar os horários livremente e usar pijama eram ideias mais do que atraentes.

No entanto, essas vantagens têm um custo. A verdade é que se manter responsável e motivado para permanecer engajado no trabalho, bem como apresentar uma postura profissional; pode se tornar um desafio. Todavia, se deseja que seu chefe confie em você quanto à essa responsabilidade e quer continuar no seu emprego, é preciso produzir constantemente tarefas com qualidade, sem se sentir tão confortável em seu pijama.

VEJA MAIS: Manual da videoconferência: o que fazer e o que evitar

O que antes era o futuro do local de trabalho, agora se tornou uma realidade. A atuação remota permanecerá, e, se quiser prosperar nesse ambiente, é hora de fazer uma auditoria em seu profissionalismo.

Veja, na galeria de imagens a seguir, quatro erros que o farão parecer pouco profissional aos olhos do seu chefe, colocando potencialmente seu trabalho em risco.

  • 1 . Você se atrasa para as reuniões

    O atraso já passava uma imagem ruim no escritório, mas era mais compreensível, já que o funcionário pode ter percorrido um longo caminho entre as reuniões, talvez alguém o tenha parado no corredor para fazer uma pergunta ou um acidente de carro tenha causado um atraso no trânsito. Quando se está em casa, a expectativa de prontidão muda. É difícil de aceitar, mas não há realmente motivo algum que possa tê-lo atrasado.

    Um estudo de 2019 descobriu que funcionários atrasados ​​custam à economia norte-americana US$ 3 bilhões por ano. Esses poucos minutos de atraso ​​para o trabalho ou uma reunião aumentam com o tempo, especialmente quando todo mundo se comporta da mesma forma. Durante um período em que cada minuto e centavo contam, não apareça após o horário marcado.

    Programe os alarmes no seu computador para dispararem dez minutos antes de cada chamada de reunião. Dessa forma, terá tempo suficiente a fim de se preparar para a videoconferência, fazer uma pausa rápida se precisar usar o banheiro ou comer algo e depois se concentrar na hora de ligar. Parte disso significa conhecer a si mesmo. Você costuma precisar de uma xícara extra de café? Ou de uma pausa extra no banheiro? Se programe a partir de uma perspectiva realista, não otimista. Como coach de carreira, descobri que os clientes que costumam se atrasar têm essa tendência porque agendam reuniões por idealismo, em vez de se sintonizarem com as suas reais necessidades.

  • 2. Você fica offline

    É uma realidade estranha, mas se estiver usando um laptop de trabalho ou conectado a uma rede corporativa, seu empregador provavelmente poderá monitorar sua atividade. De fato, existem programas de software que as empresas utilizam para rastrear pressionamentos de teclas e atividades online. É desnecessário dizer que voltar ao computador a cada 30 minutos para mover o mouse provavelmente não o ajudará a manter seu emprego.

    Caso trabalhe em uma empresa que utiliza um software de comunicação como o Zoom, entenda que esses recursos possuem ferramentas de monitoramento que podem revelar se está envolvido ativamente na conversa. Por exemplo, os recursos de compartilhamento de tela do Zoom podem rastrear se os participantes estão focados no que está sendo compartilhado. Seu chefe saberá rapidamente quem está engajado ou não, simplesmente ao verificar essa opção no aplicativo. Recentemente, o Zoom esteve em destaque no que diz respeito a questões de privacidade; portanto, mantenha-se atualizado sobre o que pode ou não ser rastreado.

    A solução simples? Remova as distrações do seu ambiente e conheça os gatilhos que têm prejudicado seu foco. Se estiver constantemente verificando as mídias sociais em vez de trabalhar, reserve um horário para definir limitações de tempo para acessar esses aplicativos todos os dias, reduza o brilho do seu telefone ou mude a cor da tela a fim de tornar os recursos visuais menos atraentes. A TV está transmitindo sons em segundo plano enquanto trabalha? Desconecte seu cabo durante o expediente e se prepare para os resultados desejados.

  • 3. Você não atualiza seu chefe sobre seu progresso

    Mesmo se trabalhar muito e conseguir lidar bem com todas as tarefas, seu chefe não estará ciente disso, pois ele não pode vê-lo fisicamente. A última coisa que deseja é que seu supervisor o localize e solicite atualizações.

    Assuma o controle de sua produtividade e resultados de modo a manter seu chefe informado sobre o que têm sido feito. Uma vez que existe um equilíbrio entre compartilhar de menos e demais, considere enviar ao seu gerente um e-mail semanal com atualizações sobre as tarefas que concluiu ou as métricas mais importantes (leads gerados, vendas concluídas, lotes de fabricação concluídos etc.) Em caso de dúvida, não tenha medo de perguntar ao profissional que possa ser mais útil e diga algo como: “Para não sobrecarregá-lo com atualizações, existe um método mais eficiente para mantê-lo atualizado sobre meus projetos e seus status todas as semanas?”.

    Isso o posicionará como proativo e solidário com seu superior. Essa é também uma ótima maneira de tomar iniciativa e definir um sistema para todos os outros membros da equipe.

  • 4. Você se apresenta de forma antiprofissional

    Goste ou não, a aparência tem seu papel na maneira como os outros o percebem, mesmo por meio de uma tela. Os dados são recebidos e as pessoas que transmitem uma imagem atraente e preparada são percebidas como mais confiáveis, competentes e acessíveis. Se entrar em todas as reuniões por vídeo usando pijama, a televisão estiver ligada e as crianças gritando, o seu chefe repensará se pode confiar em você para realizar as atividades. As chances são de que elas não sejam atribuídas a você.

    Recorra às pequenas atitudes para parecer mais profissional. Isso não significa que precise vestir um traje completo e se maquiar exageradamente. Siga o básico. Comprometa-se à higiene e use roupas limpas. Um sorriso pode ser uma ótima estratégia, embora possa o período atual seja frustrante e estressante. De fato, sorrir libera os hormônios dopamina e serotonina que criam sensações de euforia. Quando um indivíduo sorri, causa uma reação em cadeia devido ao que é conhecido como “simulação sensório-motora” no cérebro. Ao sorrir, isso faz com que outras pessoas sorriam de e liberem os mesmos hormônios de felicidade.

1 . Você se atrasa para as reuniões

O atraso já passava uma imagem ruim no escritório, mas era mais compreensível, já que o funcionário pode ter percorrido um longo caminho entre as reuniões, talvez alguém o tenha parado no corredor para fazer uma pergunta ou um acidente de carro tenha causado um atraso no trânsito. Quando se está em casa, a expectativa de prontidão muda. É difícil de aceitar, mas não há realmente motivo algum que possa tê-lo atrasado.

Um estudo de 2019 descobriu que funcionários atrasados ​​custam à economia norte-americana US$ 3 bilhões por ano. Esses poucos minutos de atraso ​​para o trabalho ou uma reunião aumentam com o tempo, especialmente quando todo mundo se comporta da mesma forma. Durante um período em que cada minuto e centavo contam, não apareça após o horário marcado.

Programe os alarmes no seu computador para dispararem dez minutos antes de cada chamada de reunião. Dessa forma, terá tempo suficiente a fim de se preparar para a videoconferência, fazer uma pausa rápida se precisar usar o banheiro ou comer algo e depois se concentrar na hora de ligar. Parte disso significa conhecer a si mesmo. Você costuma precisar de uma xícara extra de café? Ou de uma pausa extra no banheiro? Se programe a partir de uma perspectiva realista, não otimista. Como coach de carreira, descobri que os clientes que costumam se atrasar têm essa tendência porque agendam reuniões por idealismo, em vez de se sintonizarem com as suas reais necessidades.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).