C-Circuit: Tatiana Rivas Marante é a nova gerente geral da Biogen Brasil & Muito Mais

Nicola Labate/Divulgação
Nicola Labate/Divulgação

Tatiana Rivas Marante é a primeira mulher a ocupar o cargo de gerente geral na Biogen Brasil

A coluna quinzenal da Forbes com as movimentações dos executivos no Brasil e no mundo destaca, nesta edição, as transformações no alto escalão da SulAmérica. A seguradora brasileira anunciou que Gabriel Portella, diretor presidente da companhia, decidiu não continuar no cargo. Portella indicou Ricardo Bottas como seu sucessor. O novo indicado à presidência da seguradora assume o cargo em um momento de importantes transições. Em 2020, a SulAmérica comprou a Paraná Clínicas e concluiu a venda da operação de automóveis e ramos elementares.

O ano também começou movimentado para o setor de luxo, com o anúncio de Hugues Bonnet-Masimbert como novo presidente e CEO da Rimowa. Ele será o sucessor de Alexandre Arnault, que atuará como vice-presidente executivo, de produtos e comunicação da Tiffany & Co.

VEJA TAMBÉM: SulAmérica tem lucro das operações continuadas de R$ 286 mi no 3º tri

Por aqui, a IBM anunciou Katia Vaskys como sua nova gerente geral – a primeira mulher a ocupar o cargo na empresa.

Tatiana Rivas Marente, nova gerente geral da Biogen Brasil, também é a primeira mulher a assumir a posição na empresa de biotecnologia com foco em neurociência. Foi com ela que a Forbes conversou nesta edição. Com 20 anos de carreira, Tatiana tem vasta experiência no setor farmacêutico e vem de uma longa trajetória na Janssen Brasil e na Pfizer.

Leia a entrevista completa com Tatiana para saber sobre mais os objetivos da executiva e como ficam as operações da empresa no país:

Forbes Brasil: O setor farmacêutico tem ficado ainda mais em evidência nos últimos meses. Quais são as oportunidades e desafios da Biogen Brasil neste momento?

Tatiana Rivas Marante: Nunca foi tão importante investir em inovações na área da saúde. No entanto, não basta apenas apostar em pesquisa e desenvolvimento se não fizermos com que essas inovações cheguem às pessoas que precisam.

Em 2021, nosso desafio em esclerose múltipla é trabalhar principalmente a evolução do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT). Em outubro de 2020, o Ministério da Saúde publicou uma proposta para o novo protocolo clínico brasileiro. Essa mudança representa a possibilidade de um cuidado muito mais adequado, já que o aspecto clínico e o prognóstico da esclerose múltipla variam de paciente para paciente, o que exige um plano de tratamento individualizado.

Com relação à atrofia muscular espinhal (AME), o nosso desafio é viabilizar o acesso do nusinersena aos pacientes com AME tipos II e III. Estamos aguardando a recomendação final da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

LEIA TAMBÉM: Fundação Bill & Melinda Gates investe mais US$ 250 milhões na luta contra o coronavírus

Também devemos ter um importante avanço no que diz respeito ao cuidado com a doença de Alzheimer (DA). Esperamos poder trabalhar com o aducanumabe, um anticorpo monoclonal que tem como alvo eliminar seletivamente formas agregadas da proteína beta-amiloide que podem ser a causa da neurodegeneração na doença. Se aprovado, o aducanumabe será o primeiro tratamento com potencial para alterar significativamente o curso natural da doença.

FB: Qual a importância do mercado brasileiro para a Biogen?

TM: O Brasil é um dos principais mercados para a companhia globalmente. A Biogen vê e acredita no potencial do Brasil, que foi o primeiro país latino-americano a receber uma afiliada da companhia, em 2007. Entre 2016 e 2018, crescemos o escritório em 30% e hoje temos cerca de 120 funcionários. O Brasil é um país prioritário para nossa organização: temos cinco medicamentos aprovados no Brasil, sendo quatro deles disponibilizados no Sistema único de Saúde (SUS). Na comunidade de esclerose múltipla, quatro em cada dez pacientes brasileiros tratados fazem uso de algum dos medicamentos da Biogen. Em atrofia muscular espinhal, trouxemos o primeiro tratamento modificador da história, sendo que este já está inclusive incorporado e sendo dispensado para uma subpopulação com AME.

FB: Você tem uma longa trajetória no setor farmacêutico. Quais são seus principais objetivos como gerente geral e como a primeira mulher a ocupar esse cargo na Biogen Brasil?

TM: A Biogen acredita na diversidade para manter seu papel de liderança e inovação e para perpetuar o legado na área de neurociência. Sem dúvida as agendas sociais foram acompanhadas pela Biogen, no Brasil e no mundo, e a diversidade na seleção dos executivos é central para a organização.

Trago uma trajetória importante que dialoga diretamente com as necessidades de negócio da empresa, e me orgulho de ser a primeira mulher a assumir essa posição. Nos tornamos uma das maiores empresas de biotecnologia no mundo a partir de grupos de pessoas visionárias, criativas, éticas e responsáveis. O foco singular da Biogen na neurociência nos coloca em uma posição única para responder a uma demanda presente e futura da sociedade.

VEJA MAIS: Conheça as empresas que lutam para criar uma vacina contra a Covid-19 para gatos

Para isso, vamos ampliar ainda mais a liderança institucional, científica e clínica da Biogen nessa área terapêutica tão importante que é a neurociência e que dialoga com um desafio da sociedade.

Veja, na galeria a seguir, as movimentações de posições C-level nas últimas semanas:

  • Andréa Thomé assume diretoria de soluções de cibersegurança da everis

    A everis Brasil, consultoria de negócios e TI do Grupo NTT Data, acaba de contratar Andréa Thomé como head de cibersegurança. Sua missão na nova função será estruturar a área no Brasil e levar aos clientes brasileiros a nova oferta de valor de cibersegurança desenvolvida pela everis. A executiva tem mais de 26 anos de experiência em soluções de governança, riscos e compliance, com ênfase em projetos de segurança da informação em ativos digitais, governança e gestão de riscos de negócios e tecnologia. Andréa tem passagens por multinacionais como EY, PwC, ISS/IBM, Baker Tilly e Phillips.

    Divulgação
  • Dachser anuncia novo CEO mundial

    A Dachser, provedora internacional de logística, anunciou que seu novo CEO, Burkhard Eling, assumiu o cargo no dia 1o de janeiro. Ele será responsável por chefiar a unidade executiva de estratégia corporativa, recursos humanos e marketing, que inclui gerenciamento de contas corporativas e governança corporativa e conformidade. Eling também comandará o programa de gestão de inovação e ideias estratégicas para toda a empresa, o Idea2net.

    Divulgação
  • AlmavivA fortalece área comercial com novas contratações em suas diretorias

    A AlmavivA do Brasil, empresa de customer experience, anunciou a reestruturação de sua área comercial. A empresa contratou Carina Novaes para ocupar a posição de diretora de novos negócios, comunicação e marketing. Como parte das mudanças, Carolina Perez, que atua na empresa desde 2018, assumiu a diretoria de relacionamento com clientes. Francesco Renzetti, CEO da AlmavivA do Brasil, afirmou: “Com esse novo time de grandes profissionais, vamos nos destacar no mercado de customer experience e atender à crescente demanda imposta por novos hábitos e comportamentos dos consumidores.”

    Divulgação
  • Carla Melhado é a nova presidente da Mutant

    A Mutant, empresa especializada em business performance, acaba de anunciar Carla Melhado como a nova presidente da companhia. Após dois anos como diretora executiva da área de relacionamento com o cliente, Carla assume o novo cargo com o desafio de liderar a empresa em um momento de transformação acelerada do mercado e de disponibilizar ofertas completas e robustas aos clientes.

    Divulgação
  • Infobip anuncia Craig Charles Webster como head de marketing das Américas

    A Infobip, plataforma omnichannel de comunicação, anuncia Craig Charles Webster como novo head de marketing das Américas. Antes de ingressar na empresa, Webster atuou em organizações globais como Nokia, Microsoft, MetLife e Stanley Black & Decker. “Quero ajudar e fazer parte do crescimento da organização, para que possamos melhorar cada vez mais os serviços e proporcionar ótimas experiências aos nossos clientes”, comentou o novo contratado.

    Divulgação
  • Qualcomm nomeia Cristiano Amon como CEO

    A Qualcomm Incorporated anunciou que seu conselho de administração escolheu Cristiano Amon para suceder Steve Mollenkopf como CEO a partir de 30 de junho. Mollenkopf informou ao conselho sua decisão de se aposentar depois de 26 anos na empresa. Amon, que trabalha na Qualcomm desde 1995, é atualmente o presidente da empresa. Mollenkopf continuará atuando como consultor estratégico por um período determinado de tempo. A empresa anunciou também Luiz Tonisi como vice-presidente da Qualcomm Serviços de Telecomunicações Ltda. e presidente da Qualcomm América Latina. A nomeação de Tonisi entra em vigor imediatamente. Ele se reportará diretamente a Jim Cathey, vice-presidente sênior da Qualcomm Technologies, Inc. e presidente da Qualcomm Global Business Operations.

    Divulgação
  • Bem Brasil anuncia novo presidente

    A Bem Brasil Alimentos inicia 2021 com o anúncio de que Dênio de Oliveira será o novo presidente. Ele é o primeiro sucessor do fundador da companhia, João Emílio Rocheto, que passa a atuar no conselho de acionistas. Oliveira terá como desafio liderar a expansão da empresa. O processo de transição da Bem Brasil vem sendo estruturado desde 2019, quando se tornou uma S.A. e passou a enfatizar a implementação de ações e práticas de compliance, transparência e equidade na tomada de decisões.

    Divulgação
  • Fábio Garcia deixa a superintendência do GPAT do Itaú para acelerar crescimento do segmento private da Lifetime

    Com o objetivo de reforçar sua atuação no segmento private, a Lifetime atraiu um profissional com mais de 30 anos de experiência. Fábio Garcia, um dos principais executivos por trás do desenvolvimento do serviço de assessoramento aos investidores (GPAT) do Itaú Personnalité, chega à empresa como diretor, com a responsabilidade de fortalecer a atuação da Lifetime nesse nicho.

    Divulgação
  • Fernando Paiva assume a diretoria de growth strategy & digital transformation da Lifemed

    A Lifemed, empresa brasileira de equipamentos médicos e hospitalares, acaba de anunciar a chegada de Fernando Paiva. O executivo é especialista em internet das coisas médicas e possui vasto conhecimento em transformação digital, bem como do ecossistema de saúde latino-americano. Paiva atuou como executivo de empresas como Odebrecht, Capgemini, Stefanini, Banco BNP Paribas, Banco Bradesco e Carenet e, na Lifemed, ocupará a diretoria de growth strategy & digital transformation.

    Divulgação
  • SulAmérica anuncia início do processo de transição na presidência

    A seguradora brasileira SulAmérica anunciou que seu conselho de administração foi informado de que Gabriel Portella, diretor presidente da companhia, decidiu não continuar no cargo. Portella indicou Ricardo Bottas como seu sucessor. Os executivos darão início ao processo de transição e seguirão trabalhando em conjunto até a próxima assembleia geral ordinária prevista para o final de março. Bottas afirma que “a estratégia da companhia busca ampliar cada vez mais a qualidade de produtos e serviços para nossos clientes, direcionando a aceleração do desenvolvimento da empresa para suportar essa estratégia de crescimento.”

    Divulgação
  • Rimowa nomeia Hugues Bonnet-Masimbert como novo presidente e CEO

    A Rimowa anunciou Hugues Bonnet-Masimbert como o novo presidente e CEO da empresa. O executivo sucede Alexandre Arnault que, após quatro anos, deixa a empresa para se juntar à Tiffany & Co como vice-presidente executivo, de produtos e comunicação. Arnault continuará na Rimowa como presidente não executivo. Bonnet-Masimbert foi responsável por reposicionar a distribuição e reestruturar o modelo de negócio das operações de e-commerce. Ele juntou-se ao LVMH Group em 1996 e tem vasta experiência no setor. Fez parte de marcas como Loewe, Celine, Louis Vuitton e Berluti.

    Divulgação
  • IBM anuncia nova gerente geral no Brasil

    A IBM anunciou que Katia Vaskys foi nomeada gerente geral da IBM Brasil. Katia será responsável pelo desenvolvimento da estratégia da companhia no país, ajudando a acelerar a transformação digital de clientes e parceiros com nuvem híbrida aberta e inteligência artificial. Recentemente, a executiva atuou como a principal responsável das contas de indústria na IBM Brasil, coordenando equipes técnicas e de vendas. Também é a principal porta-voz do time de diversidade e inclusão. Com a nomeação, Katia se torna a primeira mulher a liderar a operação da IBM no Brasil.

    Divulgação
  • Ken Ramirez é nomeado para comandar os negócios da Hyundai Motor nas Américas Central e do Sul

    A Hyundai Motor Company nomeou Ken Ramirez como novo presidente e CEO da Hyundai Motor Brasil e da Hyundai Motor Américas Central e do Sul, fortalecendo a equipe de liderança regional. Ramirez se junta à Hyundai com 30 anos de experiência internacional no setor automotivo. Vindo do Grupo PSA, onde atuou como vice-presidente sênior de vendas e marketing para a Europa, supervisionando a Peugeot, o executivo também teve uma longa carreira na Aliança Renault-Nissan.

    Divulgação
  • Luiz Mariotto assume cargo de liderança global na Rimini Street

    A Rimini Street, provedora global de produtos e serviços de software empresarial, anuncia a promoção de Luiz Mariotto como vice-presidente global de suporte SAP da Rimini Street. Nos últimos cinco anos, o executivo foi responsável pela entrega dos serviços de suporte para todos os sistemas corporativos, tanto Oracle como SAP, na América Latina.

    Divulgação
  • Hash anuncia contratação de Marcelo D’Alfonso, ex-CFO do Moip e ex-CEO da Wirecard Brasil

    A Hash, fintech de meios de pagamento, anunciou a chegada de Marcelo D’Alfonso como CFO. Formado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e mestre pela Universidade de Toronto, possui vasta experiência no mercado financeiro, mais especificamente na indústria de meios de pagamento e fintechs. No passado, D’Alfonso ocupou cargos de lideranças em empresas como DHL, Coca-Cola e Paramount Pictures.

    Divulgação
  • Margaret Keane, CEO da Synchrony, se aposenta e deixa o S&P 500 com uma mulher a menos

    Após 51 anos do seu primeiro emprego, Margaret Keane anuncia sua aposentadoria da posição de CEO da Synchrony Financial, empresa avaliada em US$ 21 bilhões. A partir de abril, Margaret será presidente executiva do conselho de diretores da companhia. “O lado positivo é que eu ainda serei presidente e não existem muitas mulheres que desempenham esse papel”, disse Margaret em entrevista à Forbes. A executiva afirma que o futuro da empresa é promissor, com novas lideranças fortes e diversas. “Temos que continuar prestando atenção nos talentos que estamos desenvolvendo, porque são eles que terão os grandes cargos no futuro.” A mudança significa que o S&P 500 perderá uma das 30 mulheres CEO que fazem parte do índice.

    Divulgação
  • Grupo Capgemini anuncia Olivier Sevillia como COO

    A Capgemini anunciou a nomeação do executivo Olivier Sevillia como diretor de operações do grupo. Sevillia será responsável pelas unidades de negócios estratégicos e vendas. “É um prazer reconhecer Olivier Sevilla como COO. Na empresa há 30 anos, ele construiu uma carreira altamente expressiva de liderança e operação de negócios estratégicos”, disse Aiman ​​Ezzat, CEO do Grupo Capgemini.

    Divulgação
  • Pat Gelsinger é o novo CEO da Intel

    A Intel anunciou que seu conselho de diretores nomeou Pat Gelsinger, executivo com 40 anos de atuação na indústria de tecnologia, como seu novo CEO a partir de 15 de fevereiro. Ao assumir o cargo, Gelsinger também fará parte do conselho de diretores da Intel. Ele sucede Bob Swan.

    Divulgação
  • PicPay anuncia novo vice-presidente financeiro

    O PicPay, uma das carteiras digitais com atuação no Brasil, anuncia Ricardo Sonoda como seu novo vice-presidente financeiro. O executivo, que possui mais de 20 anos de experiência nas indústrias de tecnologia, financeira e meios de pagamento, passa a integrar a equipe reportando-se diretamente ao CEO, José Antônio Batista. Sonoda, que tem passagens pelo Santander, Itaú Unibanco, Rede, iZettle e Webmotors, chega para fortalecer o gerenciamento e as práticas de governança corporativa da companhia.

    Divulgação
  • Localiza elege Rodrigo Tavares como novo diretor de finanças

    O conselho de administração da Localiza elegeu Rodrigo Tavares Gonçalves de Sousa para o cargo de diretor de finanças e relações com investidores depois do pedido de renúncia de Maurício Fernandes Teixeira. Tavares ocupa atualmente o cargo de diretor-executivo de compra de carros e desenvolvimento de negócios na companhia, que ficará sob sua responsabilidade até a assembleia geral ordinária de 2021.

    Divulgação

Andréa Thomé assume diretoria de soluções de cibersegurança da everis

A everis Brasil, consultoria de negócios e TI do Grupo NTT Data, acaba de contratar Andréa Thomé como head de cibersegurança. Sua missão na nova função será estruturar a área no Brasil e levar aos clientes brasileiros a nova oferta de valor de cibersegurança desenvolvida pela everis. A executiva tem mais de 26 anos de experiência em soluções de governança, riscos e compliance, com ênfase em projetos de segurança da informação em ativos digitais, governança e gestão de riscos de negócios e tecnologia. Andréa tem passagens por multinacionais como EY, PwC, ISS/IBM, Baker Tilly e Phillips.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).