Pesquisa revela perfil do gamer brasileiro

Getty Images
Estudo foi encomendado pela Brasil Game Show

Resumo:

  • O estudo, realizado durante a edição de 2018 da feira, mostra que os consoles são os preferidos dos jogadores;
  • Jogos digitais, peças de vestuário e ferramentas para jogar são as principais fontes de gastos dos gamers brasileiros;
  • Atualmente, o Brasil conta com 75 milhões de gamers e um faturamento de US$ 1,5 bilhão na indústria de jogos digitais.

Na última terça-feira (14), o Instituto Datafolha divulgou uma pesquisa sobre o perfil do jogador brasileiro. Ele é jovem (média de 21 anos), bem de vida (renda familiar de R$ 7.313,60 ou 7,7 salários mínimos) e estudado (grau de escolaridade médio). Encomendado pela Brasil Game Show (BGS), o levantamento foi realizado durante a 11ª edição da feira anual de videogames, realizada entre 11 e 14 de outubro de 2018. Dos 637 visitantes ouvidos, 44% disseram jogar todos os dias da semana e 93% afirmaram consumir vídeos sobre games na internet todos os meses.

LEIA MAIS: Onde estudar para se tornar um profissional dos games

Entre as plataformas preferidas dos jogadores, destaque para os consoles, utilizados por 73% dos entrevistados. Os computadores aparecem logo depois (67%), seguidos dos celulares e tablets (56%). E um quarto (25%) dos entrevistados disse usar todas as plataformas para jogar. Sobre o tempo investido, os gamers brasileiros passam três horas jogando de segunda a sexta e cinco aos fins de semana.

A pesquisa também revelou que os jogos lideram a lista de itens mais consumidos, com uma fatia de 35%. São seguidos por peças de vestuário (24%) e periféricos (mouses, teclados e headsets), com 19%. Além disso, nove em cada dez gamers ouvidos afirmaram que pretendem adquirir algum produto do segmento nos próximos doze meses. Na lista de desejos aparecem: consoles (26%), cadeiras gamers (23%), headsets (22%), teclados e mouses (21%), smartphones (21%) e placas de vídeo (21%).

Segundo o CEO e criador da BGS, Marcelo Tavares, a pesquisa é relevante “tanto para empresas do setor avaliarem suas estratégias e conduzirem seus negócios, como para outros segmentos da economia, que podem, a partir desses dados, dirigirem seus investimentos mais assertivamente”.

A próxima edição da Brasil Game Show acontece entre 9 e 13 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo, e já tem grandes nomes confirmados, como Charles Martinet, dublador do Mario, Luigi e outros personagens; o compositor japonês Shota Nakama; John Homero, game designer de “Doom”, “Wolfenstein 3D” e “Quake”; e o diretor de “Demon’s Souls” e o recém-lançado “Sekiro: Shadows Die Twice”, Hidetaka Miyazaki.

Siga a FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).