Ibovespa avança com viés externo favorável

Reprodução Forbes
Reprodução Forbes

Às 11:43, o Ibovespa subia 1,44 %, a 116.275,83 pontos

O Ibovespa avançava mais de 1% hoje (4), acompanhando o viés positivo para ativos de risco no mundo, com as ações da Vale entre os principais suportes, enquanto o noticiário sobre o coronavírus permanecia no radar do mercado.

Às 11:43, o Ibovespa subia 1,44 %, a 116.275,83 pontos. O volume financeiro era de R$ 4,815 bilhões.

LEIA MAIS: Ibovespa tem alta com exterior

“A despeito de uma deterioração nos casos de coronavírus ao redor do mundo, os ativos de risco operam em forte alta essa manhã”, destacou o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos.

“De um lado, temos a forte injeção de liquidez promovida pelo PBoC na China. De outro lado, uma piora expressiva no quadro global de infecção. Por ora, a liquidez vem ganhando essa queda de braço”, afirmou.

O Banco do Povo da China injetou um total de 1,7 trilhão de iuanes (US$ 242,74 bilhões) através de recompras reversas ontem (3) e neste terça-feira.

Hong Kong registrou a primeira morte causada pelo vírus, a segunda fora da China continental e parte de um surto que já matou mais de 420 pessoas, se espalha pelo mundo e provoca temores sobre o crescimento econômico global.

Na visão da equipe da Guide Investimentos, sem um direcionador local, a bolsa continua acompanhando o humor externo, destacou em nota a clientes.

Da pauta brasileira, a produção industrial apresentou queda de 0,7% em dezembro sobre o mês anterior, informou o IBGE nesta terça-feira. Ante dezembro de 2018, encolheu 1,2% na produção. Os dois números foram piores do que o previsto.

VEJA TAMBÉM: Após manhã volátil, Ibovespa firma reação com exterior

“A divulgação de hoje adiciona um desânimo com a atividade no curto prazo e aumenta a probabilidade de um PIB 2020 em torno de 2,0% em vez de 2,5%”, avaliou o estrategista Felipe Sichel, do modalmais, em nota a clientes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).