Ibovespa sobe 0,84% em dia sem referência de Wall Street

ReutersConnect/Paulo Whitaker
A decisão do banco central chinês de cortar juros sobre empréstimos de médio prazo ajudou no resultado

O Ibovespa fechou em alta hoje (17), com Magazine Luiza entre os destaques positivos (+4,47%) após resultado trimestral, com o noticiário corporativo doméstico ocupando o foco das atenções em um pregão sem a referência de Wall Street.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,81%, a 115.309,08 pontos. O giro financeiro somou R$ 26,4 bilhões, ajudado pelo vencimento dos contratos de opções sobre ações, de R$ 8,47 bilhões.

LEIA MAIS: Jeff Bezos lança fundo ambiental e doa US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Medidas de liquidez na China também ajudaram na alta das ações, segundo o analista Ilan Arbetman, da Ativa Investimentos, referindo-se à decisão do banco central chinês de cortar juros sobre empréstimos de médio prazo.

A medida deve abrir caminho para redução na taxa primária de empréstimo na quinta-feira (20), conforme o país tenta reduzir os efeitos econômicos da epidemia de coronavírus.

“Isso significa liquidez no mercado chinês, que se espalha para outros mercados emergentes”, afirmou Arbetman, explicando que isso motiva investidores a tomar mais risco.

LEIA TAMBÉM: Por que investir no social pode ser um ótimo negócio

Ele, contudo, não vê fim da volatilidade nos negócios, citando que está cada vez mais difícil fazer previsões sobre o efeito do coronavírus no PIB da China no primeiro trimestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).