Companhia dos Fermentados lança livro em evento virtual com participação de Luiza Helena Trajano

Divulgação
Divulgação

Os autores do livro “Fermentação à Brasileira”, Leonardo Andrade e Fernando Goldenstein

A pandemia do coronavírus impactou, entre uma série de atividades, o lançamento de livros. Mas nada que a tecnologia não possa ajudar. Na última semana, os autores Leonardo Andrade e Fernando Goldenstein participaram de um evento virtual para lançar a obra “Fermentação à Brasileira” (ed. Melhoramentos).

Foi um dos primeiros do tipo e teve participação especial de ninguém menos do que Luiza Helena Trajano como apresentadora. A bilionária fundadora do Magazine Luiza é mãe da chef Ana Luiza Trajano, que, por sua vez, encabeça o Instituto Brasil a Gosto. A entidade, que já tem uma série de livros publicados, pela primeira vez chancela uma obra gastronômica –e diz que outras estão a caminho, com lançamento programado para 2021.

LEIA MAIS: Guia Michelin anuncia os restaurantes estrelados em SP e Rio em 2020

“Gosto muito de propósito, e esse livro ajuda a resgatar um Brasil antigo”, falou Luiza Helena, no início da apresentação no estúdio montado no escritório do Magalu na última semana, com a presença dos dois autores. Ana Luiza, na França, não pôde comparecer pessoalmente. “Este livro é um presente. É uma honra que a primeira chancela do Instituto Brasil a Gosto seja de vocês [Companhia dos Fermentados]. É um trabalho importante e relevante”, comentou a chef depois de tomar uma “bronca” de Luiza Helena (“Ana Luiza, abre o microfone!”).

A plateia virtual da qual a própria Ana Luiza fazia parte ainda contava com nomes como Bel Coelho, Guga Rocha e Mônica Rangel.

Divulgação
Divulgação

Uma das páginas do livro com selo do Instituto Brasil a Gosto

A obra bilíngue (já à venda por R$ 120) traz em 320 páginas uma curadoria dos quatro anos de pesquisa dos dois pesquisadores, que são também os nomes à frente da Companhia dos Fermentados, empresa responsável em grande parte por ajudar a popularizar a kombucha no país. O livro é dividido em conceito, bebidas e comidas e dá palco a preparações tradicionais, como o tucupi (caldo feito a partir da mandioca brava) e cidras –algumas receitas com assinatura de Ana Luiza. “A fermentação tem pelo menos 10 mil anos de história e coincide com o início do sedentarismo humano, porém, deixamos de praticar as técnicas autênticas desse conservar e reproduzimos simulacros, do pão à cerveja, passando pelo vinho e pela mostarda. A ciência é uma ferramenta para donas de casa, bruxas, professores e pesquisadores contra essa alienação”, explica Goldenstein.

***
Festival de Tiradentes faz edição online

Divulgação/Nereu Jr

No ano passado, o Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes, parte da Plataforma Fartura, levou mais 50 mil pessoas à cidade mineira de Tiradentes. Com a impossibilidade de fazer o evento da forma tradicional neste ano, os organizadores montaram uma programação inteiramente online, que ficará disponível no site www.farturabrasil.com.br de 1 a 4 de outubro para a 23ª edição do festival. Serão cerca de 250 atividades gastronômicas e culturais, que incluem, entre outros, almoços e jantares especiais preparados por chefs como Alberto Landgraf (que acaba de receber duas estrelas Michelin no Oteque) em conjunto com cozinheiros locais –os menus podem ser pedidos por delivery, e o público poderá ver vídeos do preparo dos pratos. O evento é crucial para a economia da região. Após a realização da primeira edição, em dez anos, o setor de restaurantes, bares, pousadas e lojas cresceu mais de 300%.

***

World Wine lança app

Com a alta no consumo dos vinhos e também das compras online –segundo pesquisa McKinsey de abril de 2020, um terço dos consumidores diz que está usando o e-commerce com mais frequência por conta da pandemia–, a World Wine acaba de lançar seu app de compra. A ferramenta dá acesso a todo o portfólio do site da importadora, e quem se cadastrar tem 10% de desconto na primeira compra.

***

Tivoli Mofarrej São Paulo tem novo head chef

Divulgação

O uruguaio Fabian Ruiz é o novo responsável pelas cozinhas do Tivoli Mofarrej São Paulo, tanto do hotel como do Must Bar. Ele tem passagens pelo Lapataia, em Punta del Este, e pelo Sofitel Casino Carrasco. No Brasil, foi responsável pela área de alimentos e bebidas do Nannai Resort & Spa, em Porto de Galinhas, e desenvolveu e implantou o HUBFOOD & ART, no Pullman Vila Olímpia. “Sempre tive várias influências para montar um prato, gosto de misturar textura e sabor, técnica e simplicidade, tradicional e moderno e amo a estética de empratar. Busco trazer tempero, com uma boa dose de criatividade e adoro a comida vegana e vegetariana, sinto um desafio trabalhando com elas”, comenta.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).