Estúdio de games da Tencent tem receita de US$ 10 bilhões em 2020

Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

A longo prazo, a companhia pretende obter metade de sua receita de jogos vinda de estúdios localizados fora da China

O Timi Studios, fabricante dos populares games Honor of Kings e Call of Duty e pertencente à gigante chinesa, Tencent registrou a receita de US$ 10 bilhões no ano passado, de acordo com fontes não reveladas. Segundo elas, isso o tornaria o maior desenvolvedor do mundo, o que muitos observadores da indústria já vinham suspeitando.

Esse resultado também fornece um parâmetro sólido para as ambições da empresa ir, além dos jogos, para os dispositivos móveis. O Timi quer competir diretamente com gigantes globais dos games, desenvolvendo títulos AAA, de alto orçamento, para plataformas como computadores, PlayStation (Sony), Switch (Nintendo) e Xbox, da Microsoft.

LEIA MAIS: Tencent lança novo estúdio de games nos EUA em expansão global

Em um anúncio de contratação no mês passado, um engenheiro do estúdio afirmou que eles pretendem criar um novo jogo AAA que se pareça com a comunidade virtual do filme “Jogador Nº1”, e irá competir de igual para igual com grandes potências do Japão, Coreia, Europa e Estados Unidos.

A Tencent está construindo uma sede para seus estúdios no exterior, incluindo uma para o Timi e outra para o Lightspeed & Quantum, ambas em Los Angeles. O objetivo da gigante de tecnologia chinesa é criar um conteúdo original de apelo global.

A longo prazo, a companhia pretende obter metade de sua receita de jogos vinda de estúdios localizados fora da China. No quarto trimestre de 2019, eles representavam 23% desse total.

Na semana passada, a Tencent reportou 156,1 bilhões de iuanes (cerca de US$ 23,79 bilhões) em receitas gerais de jogos online para 2020, mas não dividiu o valor correspondente a cada um dos seus estúdios. De acordo com as fontes, o Timi representou 40% da receita total de jogos da empresa.

A Tencent não respondeu a um pedido de comentário da Reuters. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).