HSBC proíbe clientes de comprar ações da MicroStrategy por causa do bitcoin

Reinhard Krause/Reuters
Reinhard Krause/Reuters

O banco não facilitará a compra ou troca de produtos relacionados ou que se referem ao desempenho de moedas virtuais

O HSBC proibiu os clientes de sua plataforma de negociação de ações online de comprar ou mover para suas contas ações da empresa MicroStrategy, mostrou uma mensagem a um cliente da plataforma HSBC InvestDirect vista pela Reuters. A nota revelou que o banco não facilitará a compra ou troca de produtos relacionados ou que se referem ao desempenho de moedas virtuais.

A MicroStrategy não quis comentar o caso. A empresa de software de negócios é liderada por Michael Saylor, entusiasta do bitcoin, no qual tem bilhões de dólares investidos. Embora o HSBC permita a posse, venda e transferência de ações da MicroStrategy, o banco banirá novas compras ou transferências, diz a mensagem de 29 de março.

LEIA MAIS: MicroStrategy compra mais US$ 1 bi em bitcoins

“O HSBC não deseja uma exposição direta a moedas virtuais e tem tolerância limitada para facilitar produtos ou títulos que derivam seu valor de moedas virtuais”, diz o HSBC em comunicado.

A plataforma HSBC InvestDirect é aberta para clientes em países como Canadá e Grã-Bretanha. O banco disse que sua política para criptomoedas, de 2018, está em revisão.

A ação ocorre em meio à adoção crescente de criptomoedas por grandes empresas do setor financeiro e investidores que buscam rendimento em um mundo de taxas de juros ultra baixas.

A MicroStrategy, junto com a Tesla e a empresa de pagamentos Square, tornou-se uma das empresas americanas listadas a comprar grandes quantidades de bitcoin para sua tesouraria. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).