PIB do Chile sobe 0,3% no primeiro trimestre, diz Banco Central

DircinhaSW / GettyImages
DircinhaSW / GettyImages

Relatório mostra destaque para aumento do comércio e nas atividades de agricultura, florestais e indústria manufatureira

O PIB (Produto Interno Bruto) do Chile cresceu 0,3% no primeiro trimestre, em meio a sinais iniciais de recuperação, embora ainda afetado pelas restrições para enfrentar a pandemia do coronavírus, segundo dados divulgados hoje (18) pelo Banco Central.

“Do ponto de vista da origem, destacou-se o aumento do comércio e, em menor escala, das atividades de agricultura, florestais e da indústria manufatureira”, disse a autoridade monetária em relatório.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

“Compensaram parcialmente o resultado anterior as atividades de serviços e construção, que foram impactadas pelos efeitos da emergência sanitária associada à Covid-19, que influenciou a mobilidade das pessoas e o funcionamento normal dos estabelecimentos produtivos”, acrescentou.

O PIB ajustado sazonalmente entre janeiro e março subiu 3,2%, sustentado pelos serviços, principalmente os serviços pessoais e, em menor grau, os serviços empresariais e de transporte. Para este ano, o BC projeta um crescimento econômico de entre 6% e 7%. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).