Ibovespa se recupera de perdas do último pregão com exterior favorável

O Ibovespa encerrou hoje (13) com alta de 1,85%, a 116.403 pontos, após acumular queda de 2,26% na semana passada. O arrefecimento da crise político-institucional e o bom desempenho das bolsas norte-americanas impulsionaram o índice nesta segunda-feira, levando a Bolsa de volta ao patamar da última segunda-feira (6).

Entre os destaques positivos da sessão está o Banco Pan (BPAN4), com alta de 9,45%. A valorização ocorreu após anúncio da compra de 80% da plataforma de comercialização de veículos Mobiauto, um sinal de que a instituição financeira aposta na ampliação da sua estratégia digital. A aquisição ainda depende de aprovação regulatória.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

As ações da Petrobras (PETR4 e PETR3), que juntas respondem por mais de 10% da carteira do Ibovespa, também registraram crescimento, de 3,67% e 3,22%, respectivamente, graças ao aumento do preço do petróleo no exterior.

A Magalu (MGLU3) divulgou comunicado hoje respondendo questionamentos da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e da B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) a respeito das oscilações atípicas ocorridas com suas ações entre o final de agosto e a última semana. A companhia afirmou desconhecer qualquer ato ou fato relevante que não tenha sido divulgado pela empresa e que justifique tais movimentos. Os papéis encerraram o dia em alta de 1,51%.

Em Wall Street, os índices fecharam no azul, à exceção do Nasdaq, que teve leve variação negativa de 0,07% e encerrou o dia a 15.105 pontos. O S&P 500 quebrou uma sequência de cinco baixas consecutivas e avançou 0,23%, a 4.468 pontos, puxado principalmente pelas companhias do setor de energia. O Dow Jones subiu 0,76%, a 34.869 pontos.

O mercado norte-americano acompanha com atenção a proposta de deputados democratas de um pacote de US$ 3,5 trilhões que seriam destinados a saúde e educação. A queda do número de casos da Covid-19 também impulsionou as bolsas de Nova York, com os investidores menos receosos com os impactos econômicos da disseminação da variante Delta.

A Sigma Lithium, empresa canadense que produz baterias de lítio para carros elétricos, começou a ser negociada hoje (13) na Nasdaq, com o ticker SGML. A companhia tem operações de extração de lítio na Grota do Cirilo, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, com uma unidade-piloto. Os papéis fecharam o dia com alta de 1,25%, a US$ 8,10.

O dólar fechou em queda de 0,81% ante o real nesta segunda-feira, mais do que devolvendo a alta do último pregão, com investidores atentos às movimentações nos mercados de moedas no exterior antes da divulgação, na terça (14), de dados de inflação nos EUA. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).