Ibovespa vira para o azul e dólar se aproxima dos R$ 5

CVC, Cielo, MRV Engenharia e Americanas têm altas de mais de 8% na tarde de hoje (18).

Amanda Péchy
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/CVC
Divulgação/CVC

As ações da CVC se valorizaram após a divulgação do balanço do quarto trimestre, que apesar de mostrar prejuízo de R$ 145 milhões, trouxe o primeiro Ebitda positivo em mais de dois anos

Acessibilidade


O Ibovespa virou para o azul na tarde de hoje (18), avançando 1,31%, a 114.554 pontos, às 15h20 de Brasília, depois de abrir em queda acompanhando os mercados internacionais. A Petrobras (PETR3, PETR4) se recupera das perdas de ontem, apesar dos temores de maior intervenção estatal na petroleira, e as ações da CVC (CVCB3), Cielo (CIEL3), MRV Engenharia (MRVE3) e Americanas (AMER3) registram fortes altas.

O dólar abandonou as altas desta manhã e caía 0,59%, a US$ 5,0043, às 15h20 de Brasília. A moeda norte-americana caminha para encerrar a terceira semana seguida de queda.

Acompanhe em primeira mão os conteúdos do Forbes Money no Telegram

Depois de muita volatilidade ao longo das últimas semanas devido ao conflito na Ucrânia, os preços do petróleo Brent parecem ter estabilizado na faixa dos US$ 106,00 por barril, o que trouxe fôlego renovado ao setor e ajudou o Ibovespa.

Às 15h20 de Brasília, PETR3 subia 1% e PETR4 registrava ganhos de 1,80%, mesmo com os riscos de uma intervenção política ainda no radar dos investidores. Outras petrolíferas também se beneficiam: 3R Petroleum (RRRP3) tem alta de 3,27%, e PetroRio (PRIO3) avança 0,72%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Empresas de meios de pagamento também se destacavam após os resultados positivos da Stone no quarto trimestre. A empresa teve aumento de 87% nas receitas, que chegaram a R$ 1,8 bilhões. A Cielo se beneficiou do movimento e subia 8,40%, uma das maiores altas do pregão.

Quem lidera as altas é a CVC (CVCB3), avançando 10,45%. As ações da operadora de viagens se valorizaram após a divulgação do balanço do quarto trimestre, que apesar de mostrar prejuízo de R$ 145 milhões, trouxe o primeiro Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) positivo em mais de dois anos.

“Foi reconfortante ver um número positivo (ainda que pequeno) na linha de Ebitda que não era visto desde o terceiro trimestre de 2019, reforçando o potencial de alavancagem operacional da CVC”, escreveram analistas do Itaú BBA.

A MRV Engenharia (MRVE3) se recupera das perdas de ontem com alta de 8,31%, depois de divulgar um balanço do 4º trimestre de 2021 com lucro ajustado de R$ 322 milhões, alta de 64% na comparação com mesmo período de 2020.

As Lojas Americanas (AMER3) também figuram entre as maiores altas do pregão, avançando 8,32%.

Na outra ponta do índice, a Fleury (FLRY3) lidera as perdas nesta tarde, em baixa de 2,08%. No balanço para o último trimestre de 2021, divulgado ontem (17), a empresa apresentou lucro líquido de R$ 70,8 milhões, uma queda de 49,2% em relação ao mesmo período de 2020, quando havia informado R$ 139,5 milhões.

Em Wall Street, os índices dos Estados Unidos também viraram para o azul depois de abrirem desanimados com os poucos avanços nas negociações de paz entre Moscou e Kiev. Às 15h20, o Dow Jones subia 0,21%, a 34.553 pontos; o S&P 500 ganhava 0,60%, a 4.437 pontos; e o Nasdaq avançava 1,40%, a 13.805 pontos. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: