Ibovespa abre em queda ao início de semana mais curta

Investidores locais acompanham os movimentos do banco central norte-americano e o avanço das commodities.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa opera em queda de 0,19% na abertura do pregão de hoje (18), a 115.955 pontos, às 10h11, horário de Brasília. Ao início de uma semana mais curta por conta do feriado de Tiradentes, os investidores locais acompanham os movimentos do banco central norte-americano, bem como o avanço das commodities.

O presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, irá discursar no final da tarde em um evento do CRF, abordando os próximos passos da autoridade monetária em relação à sua política monetária.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Na reunião de março, Bullard foi o único funcionário do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed) a votar a favor de um aumento de 0,5 ponto-percentual na taxa de juros, em vez do aumento de 0,25 que foi anunciado. Na próxima reunião do Fed, em maio, um aumento de 0,5 é visto como quase certo.

Nesta manhã, os preços do petróleo Brent avançam cerca de 0,25%, chegando a US$ 111,9 o barril, refletindo as preocupações com a oferta apertada em meio à guerra na Ucrânia. Por outro lado, os ganhos são limitados pelas perspectivas de uma desaceleração na demanda da China pela commodity.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Apesar da alta, os papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4) recuam 0,72% e 0,26%, respectivamente, enquanto a Vale (VALE3) cai 0,22%.

“[O Ibovespa] segue testando região de suporte em 115.000, no que ainda considero um movimento de correção da alta. Para retomada da alta, precisamos de um dia de força nesse ponto em que está”, avalia Pam Semezzato, analista de investimentos CNPI-T da Clear Corretora.

Pela terceira semana consecutiva, o Boletim Focus, que reúne projeções de economistas para indicadores da economia brasileira, não será publicado por conta da greve no Banco Central.

O dólar opera em alta de 0,12%, sendo negociado a R$ 4,7023 na venda.

Na Ásia, o mercado acionário chinês fechou em queda. Investidores ficaram decepcionados com um corte menor do que o esperado na taxa de compulsório do país, que muitos acharam que pode não ser suficiente para reverter a forte desaceleração econômica.

O Banco do Povo da China disse na última sexta-feira (15) que reduzirá a taxa de compulsório para todos os bancos em 25 pontos-base, liberando cerca de 530 bilhões de iuanes (US$ 83,25 bilhões) em liquidez de longo prazo, a fim de amortecer a desaceleração.

Embora o corte tenha sido esperado, ele foi menor do que a redução usual de 0,50 ou 1 ponto, e aconteceu depois que o banco central deixou inalterada sua taxa do instrumento de empréstimo de médio prazo.

Dados inesperadamente fortes do PIB (Produto Interno Bruto) para o primeiro trimestre de 2022, que mostraram expansão de 4,8% na base anual, não conseguiram impulsionar o mercado, com analistas dizendo que a questão principal é se as autoridades farão ajustes em suas duras medidas anti-Covid-19.

O Hang Seng, de Hong Kong, permaneceu fechado por conta do feriado de Páscoa. Já o BSE Sensex, de Mumbai, fechou o dia em baixa de 2,01%; o índice Nikkei, no Japão, cedeu 1,08%, enquanto o Shangai, na China continental, caiu 0,49%.

Na Europa, os mercados acionários permaneceram fechados por conta do feriado de Páscoa. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: