Dólar tem queda alinhada ao exterior com perspectiva de alívio em restrições na China

Neste pregão, o Banco Central fará leilão de até 15 mil contratos de swap cambial tradicional

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Às 9:02 (de Brasília), o dólar à vista recuava 0,95%, a R$ 5,0026 na venda

Acessibilidade


O dólar caía acentuadamente nos primeiros negócios de hoje, conforme investidores repercutiam a possibilidade de alívio nas restrições de combate à Covid-19 na China, em dia de forte desvalorização da moeda norte-americana no exterior.

Às 9:02 (de Brasília), o dólar à vista recuava 0,95%, a R$ 5,0026 na venda.

Na B3, às 9:02 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 1,14%, a R$ 5,0255.

A moeda norte-americana à vista fechou a última sessão em queda de 0,14%, a R$ 5,0507 na venda.

Neste pregão, o Banco Central fará leilão de até 15 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 1° de julho de 2022.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Compartilhe esta publicação: