Ações da Coinbase sobem após parceria para clientes da BlackRock

A Coinbase fornecerá recursos de negociação, custódia, corretagem e relatórios de criptomoedas a clientes institucionais da BlackRock

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Dado Ruvic
REUTERS/Dado Ruvic

As ações da Coinbase acumulam queda de mais 60% neste ano. 

Acessibilidade


As ações da exchange de criptomoedas Coinbase Global valorizavam-se cerca de 15% no pregão de hoje (4) após a empresa anunciar uma parceria com a BlackRock para fornecer aos clientes institucionais da gestora de ativos acesso à negociação de criptomoedas e a serviços de custódia.

O acordo traz algum alívio para a Coinbase que, como muitas no setor, sofreu com a queda nos preços de criptomoedas, com investidores fugindo de ativos de risco em meio a turbulências geopolíticas, alta de juros e preocupações com recessão. As ações da exchange acumulam queda de mais 60% neste ano.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Pelo acordo, a Coinbase Prime, plataforma de negociação de ativos digitais para o segmento institucional, fornecerá recursos de negociação, custódia, corretagem e relatórios de criptomoedas a clientes institucionais no Aladdin, da BlackRock, que também são clientes da Coinbase.

O Aladdin oferece um conjunto de ferramentas de software projetadas para ajudar investidores institucionais a gerenciar seus portfólios.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Nossos clientes institucionais estão cada vez mais interessados em ganhar exposição aos mercados de ativos digitais e estão focados em como gerenciar eficientemente o ciclo de vida operacional desses ativos”, disse Joseph Chalom, chefe global de parcerias estratégicas de ecossistemas da BlackRock em comunicado.

A Coinbase vem construindo sua base de clientes institucionais por meio de sua plataforma Prime, que atende fundos de hedge, tesourarias corporativas e outras instituições financeiras.

No primeiro trimestre deste ano, os volumes de negociação na Coinbase no segmento institucional somaram US$ 235 bilhões em comparação com US$ 74 bilhões para clientes de varejo. Embora o volume do segmento institucional tenha caído em comparação com os três trimestres anteriores, aumentou pouco mais de 9% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: