Reguladores bancários dos EUA fazem pesquisa sobre uso de inteligência artificial

Chad Baker/Getty Images
Chad Baker/Getty Images

A pesquisa não está ligada a nenhum projeto regulatório específico

Reguladores do setor bancário dos Estados Unidos anunciaram hoje (29) que abriram uma consulta pública sobre o crescente uso de ferramentas de inteligência artificial (IA) por instituições financeiras.

Em comunicado, os reguladores afirmaram que querem ter informações sobre o uso da tecnologia pelos bancos no monitoramento de fraudes, concessão de empréstimos e que tipo de benefícios e problemas a adoção da tecnologia apresenta, por exemplo.

LEIA TAMBÉM: 6 casos em que a implementação da inteligência artificial foi um fiasco

A pesquisa não está ligada a nenhum projeto regulatório específico, mas as autoridades afirmaram que estão buscando comentários do público para identificar qualquer área em que possa ser útil para as agências de regulação esclarecerem regras atuais sobre uso de inteligência artificial.

“As agências apoiam a inovação responsável pelas instituições financeiras”, afirmaram os reguladores no comunicado. “Com a governança apropriada, gestão de risco e gestão aderente às normas, o uso de tecnologias inovadoras pelas instituições financeiras, como as que envolvam inteligência artificial, tem potencial para melhorar o processo de tomada de decisão e os serviços disponíveis para consumidores e empresas.”

O anúncio foi feito pelo FED (Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos), a Agência de Proteção Financeira ao Consumidor e outras agências federais, e ilustra a crescente uso da IA no setor financeiro.

A pesquisa busca respostas sobre preocupações tradicionais dos bancos, como cibersegurança, bem como questões específicas vinculadas à inteligência artificial, como modelos de gestão que dinamicamente se atualizam em resposta a novos dados.

Em 2018, o vice-presidente do FED, Randal Quarles, disse que o banco central norte-americano observava de perto o uso da tecnologia de aprendizado de máquina pelos bancos e questionou se uma legislação mais especializada seria necessária. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).