Itaú entra no promissor mercado de games com nova linha de crédito

O banco credenciou um novo parceiro para fomentar compras de acessórios e equipamentos para jogadores.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Divulgação

Outras ações do Itaú envolvem iniciativas de patrocínio a equipes de jogos como Fortnite e Free Fire, além da criação de um curso de economia com o CS:GO

Acessibilidade


O banco Itaú credenciou um novo parceiro, o site NAVE, especializado em equipamentos para gamers, com o objetivo de ampliar sua linha de crédito voltada a esse público. A partir de agora, os jogadores correntistas do banco poderão comprar máquinas e acessórios de forma parcelada e por meio de planos especiais.

A linha está disponível para clientes Itaú que já tenham limite de empréstimo pessoal pré-aprovado, e permite parcelamento maior que as usuais 24 vezes, chegando a até 60 meses. Segundo levantamento da Credicard feito com base nos dados de compras com os cartões da marca, os gastos com jogos online cresceram 69,1% em 2021 em relação ao ano anterior (incluindo a compra de games eletrônicos e de itens dentro dos marketplaces das desenvolvedoras).

LEIA TAMBÉM: Santander, Garena e SPFW transformam skins do Free Fire em itens reais de desfile

O movimento também está em linha com a aproximação do Itaú ao público gamer. O banco iniciou, em 2021, uma atuação estratégica junto à comunidade gamer por meio da sua plataforma #IssoMudaOGame. As iniciativas envolveram patrocínio a equipes de jogos como Fortnite e Free Fire.

“Os gamers integram uma comunidade gigantesca de consumo, que diariamente precisam de um serviço bancário (pagar contas, fazer transferências e/ou realizar compras). No Brasil, 94 milhões de pessoas já se declaram gamers e 55 milhões já realizam alguma transação financeira dentro do ecossistema. Esses big numbers já demonstram o mercado consolidado, mas que ainda tem enorme potencial de crescimento”, conta Robson Harada, superintendente de growth marketing do Itaú. “Desde 2021, temos apoiado a comunidade com uma série de iniciativas a partir da nossa plataforma ‘Isso Muda o Game’, e parte dessa transformação é contribuir para que as pessoas possam adquirir bons equipamentos, facilitando o acesso ao crédito em condições que estejam dentro de seus perfis. A NAVE é uma das primeiras grandes novidades que divulgaremos nas próximas semanas”, complementa.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mercado de games ultrapassará US$ 200 bi até 2023

A indústria global de games movimentou US$ 175,8 bilhões em 2021, de acordo com os últimos dados consolidados e preliminares da consultoria Newzoo. Esse montante apresentou uma ligeira queda de -1,1% em relação a 2020, mas nada que afete o desempenho de alta dos próximos anos que deve levar um dos principais segmentos do entretenimento a movimentar mais de US$ 200 bilhões em 2023.

Para os motivos dessa quebra no ritmo de crescimento, a Newzoo aponta uma alta fora da curva  em 2020, em função da pandemia e a alta demanda por entretenimento virtual. Naquele ano, o mercado cresceu 23,1%, alta recorde já registrada pela consultoria. Os lançamentos do PlayStation 5 e do Xbox Series X | S também contribuíram para esse movimento expressivo.

Compartilhe esta publicação: