Tencent anuncia fechamento de unidade de streaming de games Penguin Esports

A empresa disse que a decisão de encerrar a plataforma foi tomada por causa de "mudanças na sua estratégia de desenvolvimento de negócios".

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

Logotipo da Tencent no escritório da empresa em Xangai, China

Acessibilidade


A gigante chinesa de mídia social e jogos Tencent disse hoje (07) que fechará a unidade Penguin Esports no início de junho.

A empresa disse em sua conta oficial no WeChat que a decisão de encerrar a plataforma de seis anos, onde os hosts transmitiam jogos ao vivo em um modelo semelhante ao da Twitch, da Amazon, foi tomada por causa de “mudanças na sua estratégia de desenvolvimento de negócios”, sem dar mais detalhes.

No ano passado, Pequim bloqueou a tentativa da empresa de criar um gigante de streaming de videogame de 10 bilhões de dólares por meio da fusão dos dois maiores players do mercado, Huya e DouYu, do qual é acionista, por motivos antitruste. A Huya disse na época que planejava fundir a Penguin Esports na nova entidade.

Uma ampla repressão regulatória chinesa atingiu gigantes da tecnologia no último um ano e meio, forçando-os a reformular práticas de mercado antes comuns e levando a Tencent e o Alibaba a elaborar planos de demissões, mostrou a Reuters.

A Tencent disse nesta quinta-feira que a Penguin Esports parou de aceitar novos usuários ou hosts de transmissão ao vivo e também bloqueou os usuários existentes de atualizarem as contas com efeito imediato. O aplicativo será removido de todas as lojas do segmento e deixará de funcionar em 7 de junho, acrescentou a empresa.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Entre outros produtos que a Tencent anunciou o fechamento nos últimos meses está a plataforma de comércio eletrônico Xiao’e Pinpin em fevereiro.

Compartilhe esta publicação: