Audemars Piguet celebra 50 anos do relógio Royal Oak com coleção especial

Modelo mais icônico da marca é um dos três relógios mais procurados do mundo.

Carol Besler
Compartilhe esta publicação:
Audemars Piguet
Audemars Piguet

O Audemars Piguet Royal Oak existe desde 1972

Acessibilidade


A marca suíça Audemars Piguet lançou na última semana de janeiro as tão esperadas edições especiais do Jubilee Royal Oak. Há alguns anos, a indústria relojoeira estava repleta de uma de febre de aniversários, em que tudo era comemorado com edições limitadas, as famosas “heritage”, desde a celebração de dois anos de uma nova tendência até o 15º aniversário de uma determinada cor do mostrador. Mas a comemoração dos 50 anos do Royal Oak pela Audemars Piguet é diferente.

O Royal Oak é um dos três relógios mais procurados do mundo, ao lado do Rolex Daytona e do Patek Philippe Nautilus (que, como o Royal Oak, foi desenhado pelo maestro de todos os designers de relógios, Gerald Genta). Vale a pena comemorar seu 50º aniversário e a forma que a Audemars Piguet escolheu para fazer isso foi com a Jubilee, uma linha de novos modelos criados para permanecer na coleção além de 2022, com uma única diferença, a troca dos rotores comemorativos de 50 anos pelos regulares.

VEJA TAMBÉM: Relojoaria Audemars Piguet revela detalhes de novo hotel na Suíça

O Royal Oak “Jumbo” Extra-Thin (que passou a ter referência 16202), recebeu a maior atualização, com um novo movimento, o calibre automático 7121, com hora, minuto e data. Agora está equipado com um câmbio rápido para ajuste de data e uma reserva de marcha mais longa (55 horas). A variedade de quatro modelos vem em aço, platina, ouro rosa 18k ou ouro amarelo 18k. Os modelos dourados têm um novo e sofisticado mostrador Petite Tapisserie fumê.

Audemars Piguet
Audemars Piguet

Audemars Piguet Royal Oak “Jumbo” Extra-Thin Ref. 16202.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O movimento no modelo “Jumbo” Extra-Thin Openworked (ref. 16204), calibre 7124, também é novo. Ele vem em aço por US$ 90.400 (cerca de R$ 478 mil) ou ouro rosa 18k (preço sob consulta).

Há uma série de novas variações nos icônicos Royal Oak e Selfwinding Chronographs. Os ajustes incluem chanfros alargados na parte superior e inferior da caixa, um fundo de caixa que foi mais integrado ao centro para um melhor ajuste e uma nova pulseira com elos redesenhados, que são mais finos e leves para um melhor ajuste. O logotipo “Audemars Piguet” é escrito em vez de abreviado. As novas cores do mostrador incluem “Blue Nuit” e “Nuage 50” (nuvem 50). Os preços variam de US$ 32.600 (cerca de R$ 172 mil) a US$ 72.300 (aproximadamente R$ 383 mil).

Audemars Piguet
Audemars Piguet

Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding Flying Tourbillon

Nenhuma celebração de aniversário está completa sem peças incríveis, que neste caso são o Royal Oak Selfwinding Flying Tourbillon e o Royal Oak Selfwinding Flying Tourbillon Openworked. A Audemars Piguet estreou um Flying Tourbillon em 2018, no relógio Royal Oak Concept e novamente na coleção Royal Oak no ano passado, equipado com o novo calibre 2950.

Três novos modelos Jubilee apresentados em 2022 representam variações em aço inoxidável, titânio e ouro rosa 18k. Os três têm o rotor do 50º aniversário especialmente gravado, aplicado apenas aos modelos fabricados neste ano. A produção continuará em 2023, mas eles voltarão ao rotor padrão. Preços sob consulta.

Audemars Piguet
Audemars Piguet

Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding Flying Tourbillon Openworked

A versão “aberta” do Flying Tourbillon é “um exemplo perfeito de como a Audemars Piguet tem respeito absoluto à tradição, combinado com a energia para inovar e criar”, descreve Michael Friedman, diretor de complexidade da Audemars Piguet. “O calibre 2950 acabou de ser introduzido e, no entanto, já estamos vendo uma versão aberta dele [calibre 2972]. A arquitetura desse movimento é diferente de tudo que já vimos ou criamos antes.” As pontes foram finalizadas na vertical e na horizontal, criando um belo efeito 3D. A Audemars Piguet fará 125 peças este ano (com o rotor do 50º Aniversário), seguido por 80 peças em 2023 e 45 em 2024.

VEJA TAMBÉM: Very Peri: veja 6 relógios sensacionais com a Cor do Ano 2022

O CEO da Audemars Piguet, François Henry Bennahmias, também comentou que a marca fará 50 mil relógios este ano, em comparação com os 45 mil em 2021, e que “alguns serão reservados para recém-chegados e novos fãs da marca”. Ele também anunciou que a Audemars Piguet arrecadou US$ 1,6 bilhão (aproximadamente R$ 8,4 bilhões) em receita em 2021. Isso torna a marca bem posicionada para o futuro, quando Bennahmias deixar seu cargo de CEO, o que ele planeja fazer no próximo ano, de acordo com vários meios de comunicação, incluindo “WatchPro” e “Miss Tweed”.

  • Audemars Piguet

    O rotor do 50º aniversário na parte de trás do relógio

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding Ref. 15550

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding Chronograph

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak “Jumbo” 39MM Extra-Thin

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding Chronograph Ref. 26240

  • Audemars Piguet

    Audemars Piguet Royal Oak “Jumbo” Extra-Thin Openworked

Audemars Piguet

O rotor do 50º aniversário na parte de trás do relógio

Compartilhe esta publicação: