Anvisa publica certificação de boas práticas para vacina da Astrazeneca/Oxford

Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

Essa etapa é pré-requisito para dar continuidade ao processo de registro da vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a Certificação de Boas Práticas de Fabricação após informações complementares enviadas pela empresa WuXi Biologics Co., responsável pela fabricação do insumo farmacêutico da vacina desenvolvida pela AstraZeneca contra o coronavírus em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A decisão da equipe técnica foi tomada após inspeção realizada de 7 a 11 de dezembro, de acordo com nota do governo, antecipando assim em cerca de 10 dias a previsão inicial de publicação da decisão sobre a certificação.

LEIA TAMBÉM: AstraZeneca diz que vacina deve ser eficaz contra nova variante do coronavírus

A Certificação de Boas Práticas de Fabricação tem validade de dois anos.

“A etapa finalizada é um dos pré-requisitos para a continuidade do processo de registro, como dos esforços contínuos da agência para a disponibilização de vacinas para a população com qualidade, segurança e eficácia, no menor tempo possível”, disse a nota. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).